quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Canoístas brasileiros aprovam realização de Clínica de Treinamento na modalidade

Por CPB

Marcio Rodrigues/MPIX/CPB
Imagem
Canoagem paralímpica nos Jogos Rio 2016.

A primeira Clínica de Treinamento de Paracanoagem chegou ao fim nesta terça-feira, 25, em São Paulo (SP). A ação buscou desenvolver a modalidade e identificar novos talentos no esporte. Oito atletas de diversas regiões do país foram convidados a participar das atividades da Equipe Permanente da modalidade. Todos tiveram o suporte das equipes técnica e assistencial, além de receberem alojamento, alimentação e transporte.

Os atletas selecionados foram escolhidos de acordo com os resultados no Campeonato Brasileiro de Paracanoagem, realizado em setembro, assim como foram avaliados a partir de critérios técnicos. De acordo com Leonardo Maiola, supervisor da Paracanoagem na Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), a ideia é manter a evolução da modalidade no país. "A iniciativa partiu do desejo de fortalecer as bases da modalidade, além de identificar novos talentos para integrar a equipe, buscando desenvolver cada vez mais a Paracanoagem", explicou.

Ajustes técnicos e a vivência da rotina da Equipe Permanente foram os principais pontos ressaltados pelos atletas, como afirma Drica Azevedo, da classe KL1. "Foi muito bom poder usufruir da estrutura que o Centro de Treinamento oferece. Nos permitiu focar nos treinos e ajustar algumas imperfeições com um olhar mais crítico da equipe técnica", comentou.

Segundo o supervisor do CT, Carlos Bezerra, o clima de boa receptividade aflorou a empolgação dos atletas que visam um futuro promissor na modalidade. "A Clínica superou as expectativas e se fez como uma ação muito importante. Ela estreitou o relacionamento entre potenciais atletas do CT e as equipes que atuam no desenvolvimento da modalidade. Eles voltam para casa bastante entusiasmados e estão aptos a disseminar o que aprenderam", explicou.

Os oito atletas que participaram da semana de treinamento são Adriana Gomes de Azevedo, Anderson Benatti, Antônio Estrela, Cleomar Cortez, Danilo Pereira, Geovane de Paula, Marinalva de Almeida e Sonivaldo Junior. Todos foram atendidos pelas áreas médica, de fisioterapia, nutrição e psicologia, além de assessoria de imprensa, acompanhamento do técnico da Seleção Brasileira de Paracanoagem, auxiliares técnicos e preparador físico, assim como tiveram suporte da área administrativa em relação ao deslocamento e alimentação.

O clima foi de estreitamento do relacionamento dos atletas, que também puderam compartilhar as experiências entre si. "Sou grato pela oportunidade que tive de aprender e aprimorar meus conhecimentos, além da experiência que pude adquirir ao treinar com uma equipe maravilhosa, além do crescimento profissional e pessoal que obtive. Só tenho a agradecer pelo aprendizado e pelas amizades que com certeza levarei adiante", disse o participante Sonivaldo Junior.

Com informações da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa)

Fonte: cpb.org.br

Nenhum comentário: