terça-feira, 25 de outubro de 2016

Pra que a Pessoa com Deficiência precisa de Currículo???

texto de Damião Marcos e Carolina Câmara. 





Pra que a pessoa com deficiência precisa de currículo??? Eu sempre me fiz esta pergunta, pois realmente nenhuma empresa olha o currículo da pessoa com deficiência, eles só estão interessados em cumprir a bendita cota.

Elzinha aqui, já cansei de passar por isso, não sei se já contei aqui no blog, então vou comentar. Eu desde o terceiro ano de faculdade, tento um estágio e depois um trabalho e toda vez que chegava na entrevista, eles faziam uma cara de assustados ao ouvirem as minhas perspectivas de trabalho. Alguns nem chegavam a me falar a proposta, a vaga, já outros falavam sem o menor receio e ainda diziam que iam me ligar até o final da semana que vem!!!! Claro que nunca chegaram a ligar né??

Teve várias empresas que gostaram de mim, mas elas não são capazes de abrir a mente e perceber que, talvez aquela pessoa, no caso eu, possa ser interessante para a empresa. Que apesar da deficiência, de todas as limitações físicas, eu poderia levar lucro, beneficiários para ela!!!!!

A sociedade ainda não tem a capacidade de aceitar que a pessoa com deficiência é muito mais do que apenas uma deficiência. Que pode ter sim uma profissão, ser altamente qualificado, como qualquer outra pessoa. Quando a sociedade conhecer de fato o que é uma deficiência, qual é o seu significado, perceber que a pessoa com deficiência antes da deficiência, vem o sujeito. Ai sim, o currículo da pessoa com deficiência vai ter um verdadeiro sentido, significado. As empresas vão avaliar o candidato como se deve!!

Hoje, a gente só questiona: Pra que a pessoa com deficiência precisa de currículo??

As empresas olham para a pessoa com deficiência como se fosse moeda, todas iguais, moedas de troca. As empresas colocam essas”moedas" lá dentro e em troca, não pagam a tal multa. É assim que funciona simples, ótimo custo beneficio, para os brilhantes empresários, executivos, que trabalham com mercado, dinheiro e acham que o ser humano também é um simples objeto. E o ser humano com deficiência, piorou, é um objeto quebrado, inútil, todos iguais!!!!!

Peguei pesado? Peguei mesmo, sabe por que????

Porque não é nada fácil, você se preparar para uma entrevista, criar expectativas, fazer planos, enfim todos aqueles sentimentos que qualquer um tem quando é chamado para uma entrevista. E ai, tudo desmorona em questão de segundos e isso se repete diversas vezes. Ai, você percebe que o erro não está em você, que o buraco é muito mais embaixo e não tem muito que a gente possa fazer!!! Infelizmente, não tem como ficar livre da deficiência, mas também não podemos nos fazer de vítima das circunstâncias!!!!

É preciso mesmo mostrar as caras, deixar a sociedade bater, é porque a cada entrevista que eu ia, era um tapa, daqueles que doía que deixavam marcas. Essas marcas doíam e ainda doem, porem também me ensinaram muito, me ensinaram o que eu faço hoje, o meu atual trabalho. O meu currículo é formado por marcas, cicatrizes e ainda não tive nenhuma empresa, até hoje, que leu o meu currículo!!!!!


Nenhum comentário: