terça-feira, 1 de novembro de 2016

Cotas para Pessoas com Deficiência nas Empresas, Ruim com ela, Pior sem Ela?

Texto de Damião Marcos e Carolina Câmara.

Cotas para Pessoas com Deficiência nas Empresas, Ruim com ela, Pior sem Ela?



Vamos conversar sobre este assunto, tão polêmico e que merece ser pensado e eu acho que até tem solução, mas será que a população quer trabalhar para uma verdadeira inclusão?

Já adianto logo, não sei se vou responder todas essas perguntas, pois não sei se eu sei, outra, meus posts são muito mais para a gente refletir, pensar junto e tentar colocar aos poucos em pratica!!!
Voltando, na época que não tinha cotas, eu era criança, adolescente, não pensava em trabalhar, não sabia como era não tive esta vivência.

No entanto sei, tenho certeza que empregava muito menos pessoas com deficiência naquela época, do que hoje. Meu pai trabalhava em uma multinacional e como ele sempre foi louco por mim, pensando no meu futuro, ele começou a contratar pessoas com deficiência, não por causa da Lei, mas sim porque ele queria mudar a cultura, para quando eu chegasse lá na frente, fosse mais fácil... O pessoal da empresa achou a ideia dele maluca, porém compraram a ideia e lá tinha pessoas com deficiência trabalhando de fato, cada um no seu cargo...

Passaram se anos, meu pai saiu da empresa, e eu por outros motivos fui chamada lá, pela pessoa responsável pela área de diversidade, para fazer um trabalho concreto de inclusão!!!

Felicidade era pouco, eu era um oceano de felicidade, tudo perfeito, anos depois, eu ia dar continuidade no que meu pai deu início um dia pensando em mim e na empresa que eu cresci que tenho um eterno carrinho.

Contudo, não deu certo, a empresa foi vendida e pelo jeito o comprador não tem a cultura da inclusão!!!

Você percebe que a inclusão é uma questão cultural, se alguém se manifesta dentro da empresa, mostra o porquê ela é importante para todos, que a pessoa com deficiência também é capaz como qualquer outra pessoa, dessa forma a inclusão acontece.

Se tivéssemos uma pessoa assim, em cada empresa, em cada esquina, não íamos precisar ter Lei de Cotas, ia ser perfeito!!!!!! Mas já que não temos, eu acredito sim que precisamos da lei, a ideia dela é muito boa e ela é fundamental para a inclusão.

O erro não é ela, mas a sociedade, as empresas que tiveram a capacidade de adaptar a lei conforme os seus interesses, elas não querem empregar de fato a pessoa com deficiência, não querem nem experimentar, tentar!! O preconceito, a ignorância, não permite...

É necessário talvez reformular a Lei de Cotas, não sei como, mas fazer com que as empresas empreguem o profissional com deficiência e não uma pessoa com deficiência para ficar lá atoa fazendo de conta que existe inclusão!!!!

Nenhum comentário: