terça-feira, 29 de novembro de 2016

Olimpíadas Especiais: modalidades são praticadas em vários pontos da Cidade

Praia Acessível

Numa pista de grama sintética,montada sobre a areia da praia, homem joga bocha. Ao fundo, dezenas de pessoas observam a ação. #pracegover
Uma pista de grama sintética,montada sobre a areia da praia, homem joga bocha. Ao fundo, dezenas de pessoas observam a ação. #pracegover

Diversas modalidades esportivas praticadas simultaneamente em vários pontos da Cidade por atletas, crianças e jovens com deficiência. Esse foi o ponto alto da Etapa Estadual das Olimpíadas Especiais, neste sábado (26). Na Ume Pedro II (Ponta da Praia) o projeto Inclusão ao Inverso, promoveu recreação com circuito de atividades.

No local, cadeirantes, deficientes visuais em conjunto com pessoas sem deficiência participaram de sensibilização sobre a importância da inclusão. De acordo com o professor da rede municipal de ensino Eduardo Leonel, o projeto ocorre todos os finais de semana na escola. “Temos capoeira inclusiva, tênis de mesa entre outras atividades”.

Já na faixa de areia em frente à Praça das Bandeiras (Gonzaga), houve disputa das modalidades bocha, vôlei de praia e atletismo. No mesmo local, o programa 'Praia Acessível' dava suporte aos interessados em usufruir da praia e do banho de mar com segurança.

O advogado Daniel de Morais Monteiro, que é do Conselho dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Condefi), aproveitou para dar um mergulho. “O Praia Acessível não atende só cadeirantes. Os deficientes visuais também podem desfrutar do programa”.

A etapa das olimpíadas é realizada pela entidade Special Olympics, tem parceria do Lions Clube e apoio da Prefeitura. Já a Virada Inclusiva é promovida pela Secretaria Estadual de Pessoa com Deficiência, com adesão do Município pelo terceiro ano consecutivo.

Confira toda a programação da Etapa Estadual das Olimpídas Especiais e da 3º Virada Inclusiva, que ocorrem até o dia 3 de dezembro, clicando aqui.

Nenhum comentário: