domingo, 4 de dezembro de 2016

Após ano complicado, Fred Dória celebra desempenho dentro de quadra

Por CPB

Washington Alves/CPB/MPIX
Imagem
Fred ataca durante partida nos Jogos Paralímpicos Rio 2016

Um ano que começou tumultuado terminou em glória para Fred Dória. O jogador de vôlei sentado teve uma temporada difícil, por conta de problemas pessoais, mas encerra 2016 eleito o melhor jogador da sua modalidade no país, em homenagem que será entregue no Prêmio Paralímpico 2016, no Rio de Janeiro, na próxima quarta-feira, 7.

Antes de representar a Seleção Brasileira, levar a equipe à quarta colocação e ser o maior pontuador do time nos Jogos Paralímpicos do Rio 2016, Fred teve de encarar um problema com seu filho, de apenas 11 anos.

"Minha temporada foi bastante tumultuada por problemas extra-quadra. O pior deles, este acidente com meu filho, que teve um sério problema no olho. Vários colegas estederam a mão a mim neste momento. Foi um gesto grandioso, e pelo qual eu só tenho a agradecer. Foi o meu filho, depois disso tudo, que me fez repensar e voltar com tudo para os treinos para a Paralimpíada - já que eu tinha prometido levá-lo para o Rio", disse o atleta de 44 anos.

Antes de entrar no vôlei sentado, Fred rodou o mundo jogando no Circuito Mundial de vôlei de praia. Fez carreira na liga americana das areias e foi coroado “Rei da Praia” em 2000. Em 2008, sofreu uma lesão no joelho esquerdo que ocasionou uma instabilidade articular. Cinco anos mais tarde, já praticava a modalidade adaptada.

"Receber este prêmio é incrível para mim. Realmente inspirador para o próximo ciclo paralímpico, já que a medalha esteve muito perto. Mas deu para ver que o trabalho não foi em vão - foi algo sério, de altos e baixos, mas que coroou com grande o trabalho de quatro anos que fizemos. Guardarei momentos mágicos do Rio 2016 para o resto da vida. Fica o meu muito obrigado também para a nossa torcida fantástica", completou o atleta.

Assessoria de Imprensa do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)

Fonte: cpb.org.br

Nenhum comentário: