quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Detran-AM lança pacote de acesso de pessoas com deficiência à CNH

Aulas de direção serão realizadas em um veículo adaptado em Manaus.Candidato interessado deve procurar junta médica do Detran.

Do G1 AM

 Leonardo de Souza encarou o desafio de tirar carteira de habilitação categoria B (Foto: Valdo Leão / Secom)
Leonardo de Souza encarou o desafio de tirar carteira de habilitação categoria B (Foto: Valdo Leão / Secom)

O Departamento Estadual de Transito do Amazonas (Detran-AM), em parceria com a Associação dos Deficientes Físicos do Amazonas (Adefa) e o Sindicato dos Centros de Formação de Condutores (CFCs), anunciou, na segunda-feira (12), um pacote de benefícios para melhorar o acesso de pessoas com deficiência a habilitação. Dentre as ações que serão realizadas, o órgão irá disponibilizar mensalmente seis vagas para que pessoas com deficiência tirem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de forma gratuita.

Segundo o diretor-presidente do Detran-AM, Leonel Feitoza, o candidato interessado em obter a CNH deve procurar a junta médica do Detran-AM, onde passará por uma avaliação para ser atestado se o mesmo tem condições de dirigir. Após o processo de avaliação médica, ele será encaminhado para autos-escolas parceiras, onde receberá aulas de legislação e direção totalmente sem custos. As aulas de direção serão realizadas em um veículo adaptado cedido pelo Detran-AM e o combustível utilizado durante as aulas de direção também será disponibilizado pelo órgão.

Para o presidente da Associação de Deficientes Físicos do Amazonas (Adefa), Isaac Benayon, a parceria é um grande avanço nas políticas sociais que envolvem acessibilidade no Amazonas.

Fiscalização estacionamentos privados - Com a finalidade de assegurar o cumprimento da legislação, em relação ao uso exclusivo das vagas em estacionamento destinadas aos usuários com deficiência física, idosos e gestantes, o Detran-AM irá fiscalizar o uso adequado das vagas preferenciais em estacionamentos de shopping centers e estabelecimentos comerciais da cidade.

A partir de agora, periodicamente, uma equipe de agentes de trânsito irá monitorar estacionamentos privados, visando coibir e punir os veículos flagrados usando indevidamente as vagas preferenciais. Além das intensificação das fiscalizações, os estacionamentos contarão com "totem" na entrada das vagas especiais com mensagem e alerta para motoristas que insistirem em estacionar indevidamente nessas vagas.

Nas placas constará informações referente à Lei n° 45/2009, que assegura que apenas pessoas com mais de 60 anos, deficiência ou mobilidade reduzida têm permissão para estacionar na vaga e a infração cometida do artigo 181 XVII do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

1º Caso
O jovem Leonardo de Souza, de 18 anos, foi o primeiro motorista sem os dois braços a fazer exame para adquirir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) Especial no Amazonas, segundo o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

A paixão por carros é algo que Leonardo de Souza, de 18 anos, cultiva desde pequeno. Aos três anos, o estudante ganhou o seu primeiro veículo: um Jeep elétrico amarelo. Desde lá, acumulou outros diversos carros de brinquedo para a coleção e, nesta semana, realizou o sonho de tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A história de Leonardo - que poderia descrever a trajetória de muitos jovens atualmente - possui um fator especial: ele é o primeiro motorista sem os dois braços a prestar o exame de direção e a ser aprovado no Amazonas. "A vida não tem limites", disse ele ao G1.

Fonte: g1.globo.com


Nenhum comentário: