segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Eletricista perde visão após levar pedrada e pede ajuda de especialista: "Enquanto houver Deus, há esperança" - Veja o vídeo.

Gilmar precisa da ajuda de um especialista em retina para fazer um tratamento urgente

Do R7 com Record TV Itapoan


Gilmar relatou que descobriu que iria “perder um olho” durante uma conversa do médico com familiares dele Reprodução/Record TV Itapoan

Após levar uma pedrada dentro de um ônibus em Salvador, um homem perdeu a visão de um olho e luta para não perder a visão do outro.

O eletricista Gilmar Santos Portela, de 42 anos, precisa da ajuda de um especialista em retina para fazer um tratamento urgente, para que não haja o descolamento da retina e consiga reparar o problema no olho esquerdo.

Gilmar relatou que descobriu que iria “perder um olho” durante uma conversa do médico com familiares dele.

Click AQUI para ver o vídeo.

Foi um baque muito grande. Ele fez um comentário com minha irmã, que estava ao lado, e minha prima. Eu estava ouvindo. Ele simplesmente chegou pra mim e perguntou se eu esta ouvindo, eu falei estou ouvindo e o senhor falou que eu posso perder um olho.

O eletricista, que foi vítima de violência, conta que estava dentro de ônibus, indo para o trabalho, quando foi atingido por uma pedra. Gilmar ficou tão chocado com o caso, que até hoje não sabe o que ocorreu direito.


Gilmar conta que no dia do ataque, no dia 29 de novembro, não ocorria nenhum tipo de manifestação ou confusão na cidade, que pudessem explicar a atitude do agressor.

Esse tipo de maldade, esse tipo de crime, já vem acontecendo, é estatístico. E todos os dias a gente vê, mas a gente jamais imagina que isso possa acontecer com a gente. Infelizmente, eu tô no meio das estatísticas e sou mais uma vítima dessa violência.

Gilmar pede que um especialista em retina o ajude a tratar o problema, para que ele possa voltar a ter uma vida normal. O eletricista não deixa de ter fé em Deus e acredita que ficará bom.

Enquanto houver Deus, há esperança. E a meta da gente é 200% no olho que vai ficar bom, para poder compensar o outro.

Nenhum comentário: