segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Flagras de desrespeito e falhas na fiscalização das vagas reservadas para pessoas com deficiência - Veja o vídeo.

Todos nós já sabemos que o desrespeito às vagas de estacionamento reservadas para pessoas com deficiência ou idosas infelizmente é um problema crônico de educação em todo país.

por Thiago Helton

Thiago Helton dirigindo o carro que está parado ao lado de outro veículo em vaga reservada para PcD

Não é atoa que em 2016 com o advento da Lei Brasileira de Inclusão da PcD e as recentes alterações no Código de Trânsito Brasileiro a pena para aqueles que cometem esse tipo de infração tornou-se mais severa.

Atualmente parar ou estacionar em vagas reservadas para pessoas com deficiência ou pessoas idosas, sem credencial, tanto em estacionamento público como particular, é infração gravíssima, com 7 pontos na CNH do infrator, multa no valor de R$ 293,47 e o veículo ainda fica sujeito a remoção.

Contudo, na prática a fiscalização do Poder Público ainda é precária diante da rigidez da legislação de trânsito e deixa a desejar. Infelizmente, nós que vivemos o dia a dia de combate ao desrespeito sabemos que acionar a autoridade competente nem sempre é garantia de se fazer valer o direito.

No Faça Parte dessa semana eu registrei vários flagrantes em Belo Horizonte, acionei a Polícia Militar de Minas Gerais e a BHTrans diante de algumas infrações e o resultado não foi nada satisfatório. Convido você para assistir e tirar as suas próprias conclusões.


Nenhum comentário: