terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Rio de Janeiro terá Brasileiro de Power Soccer, o futebol em cadeira de rodas

Após Paralimpíada, cidade volta a ter grande competição do paradesporto. Modalidade, que não está no programa dos Jogos, tem atraído cada vez mais atenção

Por GloboEsporte.com Rio de Janeiro, RJ

Rio de Janeiro vai sediar torneio de futebol em cadeira de rodas (Foto: Divulgação)
Rio de Janeiro vai sediar torneio de futebol em cadeira de rodas (Foto: Divulgação)

Após a disputa dos Jogos Paralímpicos, os amantes do paradesporto terão a oportunidade de assistir, no Rio de Janeiro, ao Campeonato Brasileiro de Power Soccer. Ainda que não esteja inserida no programa da Paralimpíada, a modalidade tem crescido. O torneio acontece nos dias 17/12 (de 9h às 16h) e 18/12 (de 10h às 14h), no Centro de Treinamento da Unimed, em Guaratiba. A entrada é franca.

Serão quatro times disputando o título nacional. O Rio de Janeiro Power Soccer corre atrás do bicampeonato, enquanto o Clube Novo Ser, também da capital fluminense, tentará ser tetracampeão. Curitiba Power Soccer e a ADESUL, do Ceará, tentarão interromper a hegemonia das equipes cariocas. O evento é promovido pela Associação Brasileira de Futebol em Cadeira de Rodas (ABFC), que foi criada para gerir o esporte no país.

Todos os envolvidos já esperam por este evento e os times se preparam. Este ano estaremos recebendo vários representantes de equipes em formação pelo Brasil que objetivam participar no próximo ano – explicou o presidente da ABFC, Marco Antônio.

O Power Soccer é jogado por quem utiliza cadeiras de rodas motorizadas no dia a dia e é uma das poucas modalidades paradesportivas que possibilitam a participação de pessoas com deficiências severas como a tetraplegia, distrofia muscular e a paralisia cerebral, por exemplo. Ele é conhecido na América do Norte, América do Sul, Europa, Ásia e Oceania e praticado em 27 países, segundo a Federation Internacionale de Powerchair Football Association – FIPFA, federação internacional que rege o esporte.

Nenhum comentário: