terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Atleta paralímpica obrigada a urinar nas calças em viagem de comboio

 a-mulher-partilhou-a-sua-historia-para-consciencializar-as-pessoas-para-as-dificuldades-que-pessoas-como-ela-enfrentam-todos-os-dias
A mulher partilhou a sua história para consciencializar as pessoas para as dificuldades que pessoas como ela enfrentam todos os dias.

A atleta paralímpica Anne Wafula Strike afirmou hoje que foi obrigada a urinar nas próprias calças durante uma viagem de comboio porque este não tinha casa de banho para pessoas com deficiência.

A atleta de carreira de rodas britânica estaria numa viagem de comboio de Coventry para Essex quando tudo aconteceu.

A mulher de 42 anos conta que tentou usar a casa de banho para deficientes mas que a mesma estava fora de serviço e que a sua cadeira de rodas não lhe permitia aceder a nenhuma das outras casas de banho.

Em entrevista à BBC, a atleta conta que se sentiu obrigada a urinar na mesma e que tapou a cara com vergonha que alguém a reconhecesse. Depois, contou o que se passara ao revisor.

Este terá, segundo a própria, ficado igualmente envergonhado com a situação e combinou que a iriam retirar do comboio na paragem seguinte para a ajudar. Contudo, até para sair do comboio, Anne enfrentou dificuldades dado que o comboio não possuía as plataformas próprias para os deficientes saírem do veículo.

A mulher partilhou a sua história para consciencializar as pessoas para as dificuldades que pessoas como ela enfrentam todos os dias.

Nenhum comentário: