sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Comunicação Assistiva


Técnicas para se comunicar com pessoas com deficiência (foto: bemparana.com.br)
Relatos de pessoas com deficiência sofrendo preconceito há aos milhares, porém muitas vezes não se trata de preconceito propriamente dito, mas sim de falta de tato ou conhecimento sobre como lidar com pessoas nesta condição. Para a maior parte das interações, o ideal é que as PCD's sejam tratadas com naturalidade, porém alguns tipos de deficiência demandam conhecimento específico e cuidados especiais.

Para não cometer uma gafe ou até mesmo gerar processos judiciais, é necessário o acompanhamento ou treinamento por profissionais especializados. 

Mas onde encontrar este tipo de profissional? Até pouco tempo acreditei que seriam médicos, fisioterapeutas ou enfermeiros com especialização ou experiência na área, até que descobri que existe um curso, uma graduação tecnológica de dois anos e meio voltada a esta necessidade, é o curso de Comunicação Assistiva, ministrado em diversas faculdades pelo país. 

Mas do que exatamente se trata este curso? Quem me respondeu esta pergunta foi a Letícia Paiva, que cursou alguns semestres e se apaixonou pelo curso. Nele o estudante aprende os fundamentos da educação de pessoas com deficiência, diversas formas de comunicação com estas pessoas, passando pela linguagem de sinais, braile, linguagem corporal entre outras, sempre voltado para a inclusão social.

Até aulas práticas com faixas nos olhos, rodando em cadeiras de rodas e com ouvidos tampados eles tem, para vivenciar um pouco do que passam as pessoas com deficiência. O mais legal é que o curso quebra o estereótipo de que toda pessoa precisa sempre de ajuda, além de informar sobre leis e direitos que pessoas com deficiência tem, e geralmente não sabem.

Navegando pelas instituições que oferecem o curso, descobri que aqui em Belo Horizonte ela é oferecida pela PUC-Minas, em forma de graduação tecnológica, com foco em Libras e Braille, e na Uni-BH. É uma boa oportunidade para quem tem interesse em seguir carreira ou se especializar.

Nenhum comentário: