domingo, 29 de janeiro de 2017

Em Portugual Deficientes são discriminados por seguradoras

                       

As associações de doentes e de defesa do consumidor denunciaram as penalizações que os doentes crónicos, oncológicos e os deficientes sofrem por parte das seguradoras quando querem contratar seguros de vida ou de saúde. Segundo um jornal nacional, muitos ficam até impedidos de comprar casa porque os bancos não lhes concedem crédito.

Já outros sofrem agravamento de 100%, 200% ou 300%. Carla Varela, jurista da Deco, lamenta que apesar da legislação que existe para impedir esta discriminação, continuem a existir casos destes. Garante ainda que os mais prejudicados na maioria das situações são os doentes oncológicos.

Apesar de o problema não ser novo, o presidente da Associação de Doentes Obesos e Ex-obesos de Portugal já o denunciou na Comissão de Saúde e vai levar a discussão à Assembleia da República.

O dirigente, que também alega já ter sido vítima de tal discriminação, acredita que a solução passa por criar um seguro público que assegure a contratualização de um empréstimo bancário quando as companhias bancárias recusam fazê-lo.

Nenhum comentário: