quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Garoto de 12 anos lidera mobilização em prol da causa do cão-guia

       Foto: Divulgação
       A imagem está no formato retangular na horizontal. Nela contém a presidente Thays do Instituto IRIS, abraçando o garoto João que é presidente-mirim, os dois estão sentados em cadeiras em um aeroporto e sorrindo para a foto. Fim da descrição.
      Legenda: João Nicastro e Thays Martinez – presidente-mirim e presidente do Instituto IRIS

O jovem João Nicastro Silveira, de 12 anos é presidente-mirim do Instituto IRIS e está empenhado em levantar fundos para a entidade que tem como objetivo promover a inclusão social prioritariamente das pessoas com deficiência visual, por meio do cão-guia.

No domingo, 22/01 , o presidente-mirim estará na Avenida Paulista liderando uma mobilização com a presidente do instituto Thays Martinez, a partir das 15 horas, angariando fundos para a causa.

No Brasil há uma estimativa de 100 cães-guia que ajudam pessoas com deficiência visual – ou com baixa visão – a se locomoverem e a se sentirem incluídas socialmente. Em contrapartida, o país possui 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual (IBGE).

O garoto é um dos voluntários mais ativos da organização, cuja prioridade institucional é mobilizar a sociedade para que transforme essa triste estatística nacional.

Hoje, o IRIS conta com uma lista de quase 3 mil pessoas, aguardando um cão-guia. Além do objetivo de diminuir essa fila de espera, o empenho de João está voltado para aposentar os cães-guia que já atuam há oito anos ou mais.

Os voluntários do Instituto IRIS divulgarão a campanha Cão-Guia: quanto vale o seu olhar? . A meta é buscar cães-guias treinados a serem doados aos brasileiros pelo IRIS em parceria com a ONG norte-americana Leader Dogs for the Blind, instalada em Rochester (Michigan).

Em 2016 a ação foi um sucesso e atingiu o objetivo. As doações podem ser feitas pelo link:  https://iris.kickante.com.br/


Nenhum comentário: