sábado, 21 de janeiro de 2017

McDonald's contrata mãe de jovem com deficiência intelectual para ajudá-la

     Foto: Reprodução
     A imagem está no formato retangular na horizontal. Nela contém Ana Paula e Maria da Conceição abraçadas, sorrindo para a foto, usando o uniforme do McDonals, na frente do atendimento do fast food. Fim da descrição.
    Legenda: Maria da Conceição e sua filha Ana Paula

A jovem Ana Paula Cirilo, de 23 anos, nasceu com um deficiência intelectual. Ela é funcionária da rede de fast food McDonalds há quatro anos.

Ana também é paratleta, disputou diversas competições de velocidade e foi saltadora em distância, hoje, ela apenas trabalha com carteira assinada na franquia.

Sua mãe, Maria da Conceição Cirilo, costumava acompanhar a filha no trajeto do trabalho. No íncio, a jovem sofria convulsões e para ajudar, a empresa acionava a mãe, que tinha que abandonar tudo o que estava fazendo para socorrer.

O McDonalds tomou uma atitude solidária: contratou a mãe de Ana para ajudar no seu desempenho profissional, estando perto para cuidar, caso seja necessário. “Ela se sente mais segura com a mãe por perto e com isso seu rendimento melhorou muito. As duas são ótimas funcionárias”, afirma a gerente Gilma Oliveira.

“Ela abdicou da vida para ficar ao meu lado, para cuidar de mim. E agora trabalhar ao lado dela e ver a sua felicidade, também me deixa muito feliz.”, diz Ana Paula.

Esse é o segundo emprego de carteira assinada de Maria da Conceição, “Também me sinto realizada em ter tido uma chance. Na época, eu estava com 52 anos e tive a oportunidade de ter meu primeiro emprego com carteira assinada. Não me sentia capaz. Mas acreditaram em mim e hoje sou muito feliz e agradecida”, comenta ela.

Nenhum comentário: