quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Pai é acusado de estuprar filho com Síndrome de Down

     Foto: Divulgação - Imagem de arquivo meramente ilustrativa
     

Um homem de 46 anos foi preso em Araçatuba, acusado de estuprar o próprio filho, de 16 anos, portador de Síndrome de Down. À polícia, ele confessou ter mantido relação sexual por duas vezes com o menino, que é totalmente dependente e que foi submetido a traqueostomia (procedimento cirúrgico por meio do qual se cria um orifício na frente do pescoço para permitir a passagem de ar, facilitando a respiração).

A ocorrência foi apresentada pelos soldados da Polícia Militar Sturaro e Fatori. Eles receberam denúncia de que o adolescente estaria sendo abusado sexualmente pelo pai e fizeram contato com as enfermeiras que cuidam do garoto. As profissionais revelaram que perceberam lesões suspeitas no ânus da vítima e o fato foi informado à Polícia Civil.

O delegado plantonista determinou que o adolescente fosse levado ao IML (Instituto Médico Legal) para exame de corpo de delito. Durante o exame, foram confirmadas as lesões provavelmente causadas por abuso sexual e o pai do garoto foi localizado. Ao ser questionado, ele acabou confessando ter estuprado o filho duas vezes.

CUIDADOS
A polícia apurou que a mãe da vítima morreu no início deste ano, com câncer, e que, desde então, ela mora com a avó materna. Porém, recentemente o pai passou a dormir com o adolescente no período noturno para cuidar dele. Foi nesse período que teriam ocorrido os abusos. A polícia não descarta a possibilidade de os estupros terem ocorrido outras vezes, o que será investigado.

No início da noite, o acusado permanecia no plantão policial, aguardando a conclusão do registro da ocorrência. Posteriormente, ele será encaminhado à cadeia de Penápolis e responderá criminalmente por estupro de vulnerável, que tem pena prevista de até 15 anos de prisão.

Fonte: gcn.net.br


Nenhum comentário: