domingo, 8 de janeiro de 2017

Skatista cego aparece em vídeo fazendo manobras - Veja o vídeo.

Dan Mancina perdeu a visão há alguns anos e não desistiu de praticar o esporte

Do R7

Foto: Reprodução/YouTube
Dan Mancina, skatista cego
Dan Mancina em meio a uma manobra.

Existem muitas pessoas que deixam de praticar esportes por besteira. Às vezes por falta de tempo, equipamento ruim, preguiça, entre outras coisas. Esse não é o caso de um talentoso skatista, que mesmo após ficar cego, não largou o amor pelo esporte.

Dan Mancina sempre foi viciado em skate - e não seria uma doença hereditária que iria detê-lo. Apaixonado pela prática desde que era criança, o rapaz enfrentou a Retinite Pigmentosa para que ela não atrapalhasse sua vida. 
Nos últimos quatro anos, a doença tirou a visão total do olho esquerdo e poupou apenas 5% da visão periférica do olho direito. Na prática, ele vê apenas algumas sombras e luzes, e apenas quando o objeto está em movimento. Seus irmãos têm a mesma doença, mas Dan é quem mais foi afetado. Apesar disso, ele segue andando de skate, como você vê neste vídeo:

     
Dan Mancina mostrou todo o seu talento para andar de skate em um vídeo publicado no Youtube. Dan ficou cego nos últimos anos e não se mostra envergonhado por isso. Muito pelo contrário. O jovem não deixou se abalar e segue firme na prática.

Em entrevista à revista norte-americana Jenken, Dan explica como anda de skate. "Um dia estava inspirado e construí uma caixa, pra ver o que eu conseguiria fazer. Levei a caixa para uma quadra de tênis e a coloquei sobre uma linha branca, em frente a uma rachadura da quadra. Quando eu passo pela rachadura, sei que a caixa está chegando. Sinto a caixa com minha bengala e me impulsiono", contou.

O skatista também falou sobre suas aspirações. "Até agora não fiz nada com o skate que eu não havia feito antes de eu ficar cego. Espero um dia atingir esse nível. Meu primeiro objetivo é conseguir pegar um corrimão. Quero algo que seja curto o suficiente pra eu cair fora caso me atrapalhe. Meu sonho é fazer um 50-50, isso seria legal", disse. 
"Ainda não andei de skate na rua, algo que eu quero muito fazer. Vai ter que ser mais criativo", afirmou o rapaz à Jenken

Nenhum comentário: