quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Cadeirante é abandonada n portão de embarque por companhia aérea

Do R7

Foto: Reprodução/Metro
Niahm Herbert, de 19 anos, estuda  no Trinity College, uma universidade em Dublin, na Irlanda, e estava indo para Londres para a London Fashion Week, quando teve  uma surpresa muito desagradável: a Ryanair, companhia aérea irlandesa responsável pelo vôo, fez ela esperar 15 minutos para que ajudassem a subir a escada do portão de embarque

Niahm Herbert, de 19 anos, estuda no Trinity College, uma universidade em Dublin, na Irlanda, e estava indo para Londres para a London Fashion Week, quando teve uma surpresa muito desagradável: a Ryanair, companhia aérea irlandesa responsável pelo vôo, fez ela esperar 15 minutos para que ajudassem a subir a escada do portão de embarque.

Depois desses 15 minutos, a aeromoça disse que o piloto tinha que decolar, então o avião partiu sem ela.

Niahm disse que ficou chorando no portão de pouso, até poder pegar o próximo avião.

"Nesse ponto, minhas férias já estavam arruinadas", diz ela.

As aeromoças também perguntaram se ela podia simplesmente "escalar" as escadas para facilitar o trabalho delas. Vê se pode!.

Depois de ameaçar processar a Ryanair, ela recebeu uma resposta pelo Twitter, mas nem envolvia um pedido de desculpas — era só um aviso de que eles estariam providenciado assistência futura.

A Ryanair também disse que cadeirantes precisam agendar um "serviço especial" previamente se quiserem ser atendidos,

"Se ela tivesse agendado o 'serviço especial' e chegado na hora, nada disso teria acontecido", disse o representante da Ryanair.

Não é preciso dizer que a internet está em peso contra a companhia aérea, que já não tinha uma fama muito boa por ter funcionários mal educados e fazer vôos com tanques de combustível quase vazios.

Algumas pessoas agora começaram a culpá-la, dizendo que ela chegou atrasada no vôo.

Ela nega e diz que esse é mais um caso de responsabilizar a vítima.

Apesar desse episódio desagradável, Niahm conseguiu curtir a London Fashion Week.

Parece que ela adorou a beleza de Londres, mas já está planejando as próximas viagens do seu tour europeu.

Isso aconteceu justamente enquanto ela gerenciava o Twitter da Irlanda.

A Irlanda tem um Twitter oficial que é cedido a um cidadão toda semana para que ele poste sobre sua vida. É uma ideia bem legal.

A moça é uma grande fã de artes e até faz um curso relacionado a Estudos Europeus.

Niahm também participa de iniciativas de apoio a pessoas com deficiências de todos os tipos.

Um dos projetos dela é o canal ativista Disability and I, que busca conscientizar as pessoas a respeito de como é ter algum tipo de deficiência.

A moça irlandesa, fora do ativismo e das tretas com companhias aéreas, é bem normal.

Ela adora ler, e vive postando textos de amor a seus livros favoritos.

Seu atual favorito é O Grande Gatsby.

Nenhum comentário: