sábado, 25 de fevereiro de 2017

Fundação promove dia do visagismo para mulheres cegas

   Foto: Reprodução
   A imagem está no formato retangular na horizontal. Nela contém uma mulher passando lapís em seus olhos, com os olhos fechados. Ela é cega. Fim da descrição.

Com objetivo de contribuir para o resgate da autoestima de mulheres com deficiência visual (cegas ou com baixa visão), no dia 06/03, às 9h, na Fundação Dorina, acontece um dia de transformação para as clientes da Instituição através de uma sessão de visagismo. A inciativa faz parte de uma ação de responsabilidade social idealizada pela MQ Hair, Fundação Dorina Nowill para Cegos e o Hair Stylist/Visagista Claudio Germano com sua equipe.

No evento, 10 mulheres com deficiência visual participarão do Projeto. Nas mãos da equipe de profissionais, dirão sim ao visagismo – também conhecido como a arte de criar uma imagem pessoal revelada a partir da linguagem visual (harmonia e estética), promovendo uma verdadeira transformação interior a partir do corte, coloração e outros métodos aplicados no processo.

“Retomar a rotina de atividades básicas como andar sozinho e com segurança, arrumar a cama, cozinhar, escolher a roupa, passam a ser um grande desafio para os frequentadores da Fundação Dorina”, afirma Kely Magalhães, supervisora do Serviços de Apoio à Inclusão, área de atendimento à pessoa com deficiência na instituição. “A reabilitação é um processo complexo e de altos e baixos e o visagismo contribui para aumentar a autoestima e proporcionar mais uma atividade de retomada das ações rotineiras”.

“A MQ Hair, e sua missão de atender o segmento profissional da beleza, com equipamentos para cabeleireiros, tem a honra de promover esta experiência única para mulheres que são prova de superação” - acrescenta a Gerente de Marketing da Marca, Mariana Fagundes, que em parceria com o Hair Stylist Claudio Germano puderam viabilizar a transformação. “É nosso propósito trazer o empoderamento através do visagismo, que vai além de um simples corte de cabelo. É o resgate da vaidade, que irão sentir o impacto através da percepção do outro, e nelas mesmas através de sinais arquetípicos”, completa Claudio Germano formado em visagismo pelo Philip Hallawell.

Para mais informações acessewww.fundacaodorina.org.br

Nenhum comentário: