sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Inaugurado Programa Poeta Acessível no Centro de Tecnologia e Inclusão

             
A Secretária, Dra. Linamara Battistella, e a representante da The Trust for the Américas, Maite Puertas

Na manhã desta segunda-feira, 13 de fevereiro, foi lançado o Programa Poeta Acessível, parceria firmada entre a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo e a franquia social Poeta (Parcerias para Oportunidades Econômicas através da Tecnologia nas Américas), uma iniciativa da The Trust for the Américas - OEA (Organização dos Estados Americanos), que existe desde 2004 e oferece cursos de informática com tecnologia inclusiva para capacitação para o mundo do trabalho. A cerimônia de lançamento aconteceu na sede da Secretaria, no bairro Barra Funda, mas as atividades são realizadas no Parque Estadual Fontes do Ipiranga. Por meio do Programa são oferecidos vários cursos e treinamentos a pessoas com e sem deficiência, com o patrocínio da Microsoft.

Com a proposta de gerar oportunidades de emprego e inclusão digital aos jovens, o Programa Poeta Acessível, apoiado pela Secretaria, passa a contar com uma unidade localizada no Centro de Tecnologia e Inclusão, primeiro centro tecnológico para pessoas com deficiência, criado pela Secretaria e localizado no Parque Estadual Fontes do Ipiranga.

Estiveram presentes na cerimônia de inauguração a Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, Dra. Linamara Rizzo Battistella; a Coordenadora de projetos da Franquia Social Poeta da Trust for the Americas, Maite Capra Puertas; o Superintendente da Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina – SPDM, Nacime Salomão Mansur; e o Gerente de Desenvolvimento de Negócios da Microsoft, Alessandro Bueno Tavares.

A Secretária destacou o número de pessoas com deficiência no Brasil, 45 milhões, e o número no Estado de São Paulo. “Certamente, os 9 milhões de brasileiros com deficiência, que moram em São Paulo, vão se beneficiar não apenas dessa experiência que o Poeta Acessível nos traz no Centro de Tecnologia e Inclusão, mas ainda mais na garantia de que essas pessoas se transformarão em sentinelas dentro da sociedade na garantia dos direitos de todos”.

O programa está instalado no Centro de Tecnologia e Inclusão, mas apenas agora passou pela inauguração formal dos trabalhos. “É isso que nos anima e nos estimula, porque nós não estamos falando de uma coisa que vai começar, estamos falando de uma coisa que já se iniciou e vai se consolidando”.

Dra. Linamara explicou que “em todos os projetos de nossa Secretaria antes de fazermos uma inauguração formal, a gente faz a experimentação para garantir que os parceiros consigam traduzir com eficiência o projeto, o processo e o produto final que é a pessoa com deficiência mais inserida dentro das várias áreas, várias estruturas da nossa sociedade”.

Segundo a Dra. Linamara não se tem dúvida de que a educação e, consequentemente a profissionalização, é o pilar do desenvolvimento. “Precisamos que todas as pessoas tenham acesso aos mecanismos de acessibilidade digital com garantia de educação de qualidade e profissionalização”.

A Secretária ressaltou ainda que o meio digital e os meios de comunicação atual representam essa oportunidade. “Uma oportunidade que vai deixando as pessoas cada vez mais juntas, eu gosto de pensar nas tecnologias digitais como um processo de aproximação de pessoas e de igualdade de direitos”, finalizou.

Conheça os cursos oferecidos pelo Centro de Tecnologia e Inclusão, incluindo os realizados em parceria com o Programa Poeta Acessível, no link:




Nenhum comentário: