domingo, 12 de fevereiro de 2017

Parapan-Americano de Jovens de 2017 terá 12 modalidades

Imagem CPB      Resultado de imagem para Jogos Parapan-Americanos de Jovens 2017                    
O Comitê Paralímpico das Américas (APC, na sigla em inglês) anunciou que o programa do Parapan-Americano de Jovens de 2017, a ser realizado em São Paulo, terá 12 modalidades. Serão duas a mais do que na edição de 2013 – futebol de 7 e vôlei sentado foram acrescentados.

A competição ocorrerá entre os dias 20 e 25 de março de 2017. As 12 modalidades serão: atletismo, bocha, futebol de 5, futebol de 7, goalball, judô, halterofilismo, natação, tênis de mesa, basquete em cadeira de rodas, vôlei sentado e tênis em cadeira de rodas.

Cerca de mil atletas com idade entre 12 e 21 anos são esperados na quarta edição do Parapan-Americano de Jovens. O número é maior do que os 631 que compuseram as delegações da edição de 2013, em Buenos Aires, na Argentina. Os Jogos serão organizados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro e a maioria dos eventos esportivos será disputada no Centro Paraolímpico Brasileiro, na capital paulista.

Presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro e vice-presidente do IPC, Andrew Parsons se mostrou satisfeito com a decisão. “Ter mais modalidades incorporadas ao programa do Parapan de Jovens de 2017 é um passo importante para continuar promovendo o paradesporto e o continente após os Jogos do Rio-2016. O fato de que a competição será disputada no novo Centro Paralímpico, em São Paulo, nos deixa orgulhosos do legado e do impacto que os Jogos Paralímpicos terão em nosso país. Os Jogos Paralímpicos de 2016 inspirarão novas gerações e espero que tenhamos ainda mais atletas jovens de todos os países da região.”

“Desde a primeira edição do Parapan de Jovens, em 2005, na Venezuela, a competição tem crescido gradativamente em tamanho e estatura. A confirmação de um programa com 12 modalidades para 2017 assegura que este será o maior Parapan de Jovens já organizados. Ficamos satisfeitos e damos as boas-vindas ao futebol de 7 e ao vôlei sentado. É importante que jovens tenham a oportunidade de competir em alto nível”, disse Jose Luis Campo, presidente do Comitê Paralímpico das Américas.

Com informações do Comitê Paralímpico Internacional (IPC)

Fontes: CPB - httcbtri.org.br - Imagem CPB

Nenhum comentário: