quarta-feira, 29 de março de 2017

Autista que foi xingado por personal trainer estuda direito e processa academia

Do R7

   Foto: Reprodução/Facebook
   Ketan Aggarwal, de 30 anos, sofre de autismo, e foi repetidamente chamado de 'idiota' durante uma aula de spin em uma academia. Ele foi xingado só porque pediu para trocarem a música da aula. Isso aconteceu em 2015

Ketan Aggarwal, de 30 anos, sofre de autismo, e foi repetidamente chamado de "idiota" durante uma aula de spin em uma academia. Ele foi xingado só porque pediu para trocarem a música da aula. Isso aconteceu em 2015.

Ele até tentou reclamar na justiça, mas não conseguiu nada, então ele decidiu levar as coisas a sério: estudou Direito pela internet por 2 anos e tentou brigar de novo.

Representando a si mesmo no tribunal, ele ganhou a causa, foi indenizado em 1390 Euros e fez com que o cara que o ofendeu fosse desligado da academia.

Aggarwal também recebeu um pedido de desculpas formal da Virgin Active, academia no qual praticava.

Quando alguém discrimina contra quem tem alguma condição mental, eles não acham que vamos usar a lei a nosso favor', diz Aggarwal.

"Ganhar a causa foi uma sensação incrível".

Apesar de parecer sociável e descolado pelas fotos, esses 2 anos foram gastos com muito suor.

Ele se entupiu de livros de bibliotecas e recursos online.

Já no tribunal, ele conseguiu mostrar que sofreu discriminação.

Dá pra ver que ele não é idiota, como o cara da academia disse.

Ele anda sempre bem acompanhado.

Viu como vale a pena estudar bastante?.

Ao invés de ser xingado na academia, ele se dedicou aos estudos e fez o certo.

"Não se tratava do dinheiro", diz Aggarwal.

E no seu Facebook, dá pra ver que ele gosta das coisas boas da vida.

Aggarwal também parece curtir as melhores baladinhas.

Mas não deixa de passar um tempo com família e amigos.

A academia respondeu que quer que todo mundo possa frequentar o lugar sem medo de discriminação

O caso de Aggarwal não é o único que acabou na justiça.









Nenhum comentário: