quarta-feira, 15 de março de 2017

Bebê nascido na água contrai meningite e mãe desconfia que ele teve contato com a bactéria no parto

Médicos ainda não confirmaram que o parto foi o momento da inflamação

Do R7

                                    Foto: Reprodução/The Sun
                           Um bebê nascido em um parto na água teve meningite e a mãe suspeita que o nascimento na água foi o motivo da inflamação, segundo informações do The Sun
Um bebê nascido em um parto na água teve meningite e a mãe suspeita que o nascimento na água foi o motivo da inflamação, segundo informações do The Sun.

Agora aos sete meses, Owen Wilkins contraiu uma forma rara de meningite, transmitida pela bactéria E. coli, quando tinha apenas 10 dias de vida.

A mãe, Nicola Wilkins, de 31 anos, está desconfiada de que o parto na água foi o motivo pelo qual seu filho contraiu a bactéria que levou à doença.

Ela deve se consultar com um médico em Maio para descobrir se é esse mesmo o motivo da inflamação, mas acha de que foi o parto que expôs o recém-nascido a essa bactéria.

E. coli é uma bactéria comum que está presente em indivíduos saudáveis, mas pode causar a meningite, que é uma inflamação das membranas do cérebro.

Nicola, que tem também uma filha de três anos, optou pelo parto na água por acreditar que seria uma experiência tranquila e relaxante. Mas ela e seu marido, Stuart, de 33 anos, entraram em pânico duas semanas após o nascimento, quando o bebê começou a ficar doente.

                                     Foto: Reprodução/The Sun
                            Nicola, que tem também uma filha de três anos, optou pelo
parto na água por acreditar que seria uma experiência tranquila e relaxante.
Mas ela e seu marido, Stuart, de 33 anos, entraram em pânico duas semanas após
o nascimento, quando o bebê começou a ficar doente. — Ele estava dormindo e não comia há quatro horas. Ele
estava muito mole e ficando roxo. Decidimos levá-lo ao hospital 

Ele estava dormindo e não comia há quatro horas. Ele estava muito mole e ficando roxo. Decidimos levá-lo ao hospital.

Após ficar uma semana no hospital, Owen está recuperado e crescendo normalmente.

Os médicos explicaram que o bebê pode ter entrado em contato com a bactéria se a água do momento do nascimento estivesse infectada com a matéria fecal da mãe, já que a E. coli está presente no trato intestinal. Porém, ainda não há informações que confirmem a suspeita da mãe.



Nenhum comentário: