terça-feira, 21 de março de 2017

Brasil estreia nesta terça-feira (21) confiante em duas vitórias no Goalball

  Brasil estreia nesta terça-feira (21) confiante em duas vitórias no Goalball
Foto: Goalball brasileiro tem uma geração muito elogiada pela comissão técnica (Crédito: Alaor Filho/CPB/MPIX)

Vai começar o Parapan-Americano de Jovens São Paulo 2017 para o goalball brasileiro. Nesta terça-feira (21), o Brasil vai entrar em busca das primeiras vitórias na competição. Às 09h, a equipe feminina joga contra a Colômbia, e às 10h, será a vez da estreia do masculino diante da Argentina. 

As duas seleções finalizaram a preparação neste domingo (19), e, segundo o técnico da equipe feminina, Dailton Freitas, os treinamentos foram bons e a expectativa é das melhores. Ele ainda fez questão de elogiar a nova safra de jogadoras para este novo ciclo paralímpico.

- Esperamos que sejam jogos tranquilos para as meninas, tendo em vista que tivemos uma fase de treinamento muito boa. Tem meninas que já jogam juntas nas equipes, e isso facilitou na primeira fase de treinos. E esses quatro dias que antecederam a gente priorizou mais os treinos táticos, mais leves, e a expectativa é das melhores e que elas façam uma excelente competição. O Brasil hoje tem a felicidade de ter meninas talentosas, que vai contribuir muito para esse próximo ciclo - afirmou Dailton Freitas.

A confiança brasileira também está na categoria masculina. O técnico Alessandro Tosim pediu que os atletas tenham paciência na partida de estreia, mas ressaltou que a equipe vai em busca do ouro.

- Nossa meta é disputar a medalha de ouro, esse é sempre o nosso objetivo principal. O que foi conversado com eles, nesse primeiro momento, no jogo de estreia que é para ter bastante paciência, são meninos novos, primeira competição oficial internacional, e que vão controlando o jogo, isso é importante. É ter paciência para não cometer erros, não cometer as penalidades. Não tem como mais uma seleção brasileira entrar numa competição sem pensar na medalha de ouro, e vamos buscar em todas as competições - disse o técnico Alessandro Tosim.

Ainda participam da competição; no masculino: Colômbia, Equador, México e Peru; e no feminino: México.


Fonte: cbdv.org.br

Nenhum comentário: