segunda-feira, 27 de março de 2017

Cadeirante de "Carrossel" troca TV por tênis e sonha disputar Paraolimpíada..

Imagem: Montagem/Lourival Ribeiro/SBT/Divulgação/Daniel Zappe
Montagem/Lourival Ribeiro/SBT/Divulgação/Daniel Zappe
João Lucas Takaki em "Carrossel" (2012) e nas Paraolimpíadas Escolares, em 2016

Paulo Pacheco Do UOL, em São Paulo

João Lucas Dutra Takaki nasceu com um tumor na coluna vertebral que comprimiu sua medula e o fez perder os movimentos das pernas. Com oito dias de vida, submeteu-se à primeira quimioterapia. O câncer, entretanto, não o impediu de realizar sonhos. Aos nove anos, atuou pela primeira vez na TV em "Carrossel" e chegou a estudar teatro para seguir a carreira artística, mas sentiu dificuldades e trocou as novelas pelo esporte.

"Eu estava esperando ser ator, mas não sabia que era difícil, mesmo, por causa da deficiência. Sei que nem todas as novelas têm uma pessoa deficiente. As pessoas poderiam sair na minha frente nesse caso.Esperei durante um tempo, mas não tive oportunidade na TV e optei pelo tênis. Acho que escolhi certo, estou me dando bem", analisa João Lucas ao UOL.

O garoto entrou em "Carrossel" por meio de um anúncio de jornal do SBT. A mãe de João Lucas, Adriana, enviou uma foto do filho e se surpreendeu com a aprovação para o elenco:"Não imaginava que teria um cadeirante, porque a novela original não teve. Quando chamaram, não acreditei e respondi: 'Vocês viram que ele é cadeirante?' Foi uma surpresa e ele amou".

                            Imagem: Divulgação/SBT
                            Divulgação/SBT
                     Crianças de "Carrossel" homenagearam Tom e jogaram basquete com cadeira de rodas.

Em "Carrossel", João Lucas interpretou Tom, nome inspirado no mascote do Teleton, campanha beneficente em prol da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente).Ele apareceu na trama durante três meses e conseguiu fazer algumas amizades, mas admite que ter trocado a carreira artística pelo esporte o distanciou do elenco da novela.

"Temos um pouco de contato, eles me seguem e eu os acompanho. Nem tanto, por não ter continuado como ator, mas os outros, que seguiram a carreira, têm mais contato entre eles", afirma.

A novela também rendeu a João Lucas visibilidade e apoio financeiro. A cadeira de rodas que usa hoje para treinar e jogar é de um patrocinador que conseguiu durante "Carrossel": "Eles me deram cadeira de passeio e agora também me deram de competição", comemora.

Ex-ator sonha com Paraolimpíada

Fora da TV, João Lucas decidiu focar no esporte, já que pratica desde a primeira infância. Da natação ao arco e flecha, o garoto nunca parou, mesmo sem mexer as pernas.Há três anos, ele joga tênis e coleciona bons resultados, como dois vice-campeonatos e uma medalha de ouro nas Paraolimpíadas Escolares, em novembro.

                          Imagem: Victor Wang/Divulgação
                           Victor Wang/Divulgação
                  Após "Carrossel", João Lucas Takaki virou tenista e treina sonhando com Paraolimpíada

O ótimo desempenho chamou a atenção da CBT (Confederação Brasileira de Tênis), que convocou o atleta para integrar a seleção paraolímpica.Aos 14 anos, ele se prepara para sua primeira competição fora de São Paulo, um torneio em Uberlândia (MG), em abril. Mas João Lucas quer mais e quer representar o país em uma Paraolimpíada daqui sete anos.

"Como todo atleta paraolímpico, tenho sonho de competir a Paraolimpíada o mais cedo possível e representar o Brasil. É uma emoção muito grande para o alteta e um dos maiores objetivos.Por causa da minha idade, tem mais gente na minha frente e comecei há pouco tempo, acho que é mais difícil [ir a Tóquio-2020], mas 2024 é um sonho possível", planeja.

Nenhum comentário: