segunda-feira, 27 de março de 2017

Como adaptar a sua casa para cadeirantes

É sempre bom o exercício de nos colocarmos em outras perspectivas e analisarmos o mundo à nossa volta com um olhar mais apurado e cuidadoso. Hoje trouxemos uma especial atenção para o dia-a-dia de um cadeirante e suas questões particulares de locomoção e acessibilidade, que envolvem acirrado envolvimento com o universo da arquitetura e do design como um todo.

Em poucas palavras, vamos descobrir formas racionais de trazer a acessibilidade para dentro de casa, como também opções legais de tornar esse processo bonito e cheio de personalidade. Se você é um cadeirante e gostaria de deixar a sua casa ainda mais elegante ou criativa, essas dicas poderão inspirá-lo(a) a trazer novidade e ao mesmo solucionar questões básicas.

Entes de tudo, para os mais desavisados, vale a pena conferir a norma brasileira ABNT NBR 9050, que rege todas as dimensões e tamanhos ideias para facilitar o processo de adaptação de uma residência. Mas indo além, busque nessas ideias que trouxemos aqui algumas inspirações e toques imperdíveis para tornar esse processo gostoso e original!

1. Rampas para vencer os desníveis

Rampa em carpintaria: Terraços  por Atelier Plural
Rampa em carpintaria por Atelier Plural 

De acordo com as normas oficiais de acessibilidade, encontramos nas rampas a melhor forma de adaptar degraus ou desníveis, o que é essencial para a boa locomoção do cadeirante. Neste exemplo, o trabalho de carpintaria criou um lindo jardim integrado à rampa, tornando o espaço bonito, agradável e perfeitamente adaptado.

                             2. Portas e corredores largos


Ap. adaptado - cadeirante: Salas multimídia modernas por Marcelo Rosset Arquitetura
Ap. adaptado - cadeirante por Marcelo Rosset Arquitetura 
Para começar, trouxemos este exemplo de apartamento criado de forma genial para uma família que necessitou de uma adaptação para cadeirante. O primeiro e mais importante passo é tornar as portas e corredores suficientemente largos, para permitir a locomoção sem obstáculos. Uma forma de aproveitar a deixa, é incorporar uma porta de design elegante e apostar em bons e bonitos revestimentos de parede para trazer elegância. 

3. Espaço entre os móveis


Ap. adaptado - cadeirante: Salas de estar modernas por Marcelo Rosset Arquitetura
Ap. adaptado - cadeirante por Marcelo Rosset Arquitetur
Mesmo que você não tenha uma sala grande como esta, vale a reflexão para trabalhar o layout dos móveis de forma cuidadosa. É necessário deixar espaço de circulação entre eles. E no caso de uma sala menor, a solução poderia ser remover a mesa de centro e, se possível, integrar a sala de jantar com a sala de estar. Quanto menos portas e paredes, mais iluminado o espaço fica e muito mais acessível e gostoso para todos. 

                                    4. Adaptação do banheiro


Banheiros modernos por Mihm Thermohaus
Barrierefreies Waschbecken por Mihm Thermohaus 
Para uma pessoa com locomoção reduzida, o banheiro é o ambiente de mais cuidado, pois necessita de adaptações precisas para garantir sua segurança e comodidade. Nestes dois exemplos que trouxemos, os banheiros receberam barras, espelho inclinado e espaço suficiente de acordo com a norma brasileira.

4. Adaptação da área do banho


Banheiros modernos por Mihm Thermohaus
Barrierefreie Dusche por Mihm Thermohaus 
Na área do banho, o piso antiderrapante ajuda bastante, sendo primordial. Aqui os equipamentos e acessórios formam incluídos para completar a usabilidade do banheiro.

                                         5. Design é tudo!
Trazendo agora uma versão mais elegante, mostramos como um banheiro adaptado também pode ser muito bonito com a escolha certa dos revestimentos e toques pessoais.

6. Cozinha funcional


Ap. adaptado - cadeirante: Cozinhas modernas por Marcelo Rosset Arquitetura
Ap. adaptado - cadeirante por Marcelo Rosset Arquitetura 
Lembre-se! Na cozinha, nada de uso diário deve ser disposto em armários altos demais, devendo aproveitar-se dos armários baixos sobre a pia, ilhas da cozinha e prateleiras ao alcance. A mesma coisa vale para os eletrodomésticos, que podem trazer beleza e funcionalidade, completando o look da sua cozinha.

7. Integrar espaços


Sala de Jantar: Salas de jantar modernas por Bernacki Arquitetura
Sala de Jantar por Bernacki Arquitetura 
Como dissemos anteriormente, integrar os espaços é uma boa forma de ganhar uns metros a mais e revolucionar o visual de sua casa. Derrubar as paredes entre as áreas sociais já é uma prática bastante difundia, em especial em pequenas casas e apartamentos. Nesse caso, pode trazer muito mais conforto ao cadeirante, além de deixar o visual perfeito. 

8. Iluminação e automação inteligente


Ap. adaptado - cadeirante: Corredores, halls e escadas modernos por Marcelo Rosset Arquitetura
Ap. adaptado - cadeirante por Marcelo Rosset Arquitetura 
Outra forma de agregar valor ao espaço adaptado para o cadeirante, é trazer para a casa a tecnologia ao encontro da beleza. Automatizar as luzes e outras necessidades, pode ser uma forma prática e ao mesmo tempo muito interessante de garantir um design inteligente. Neste exemplo, uma luminária de parede é ao mesmo tempo escultura, mostrando como a iluminação também pode transformar o espaço.

9. Hora do descanso


Hotel Novo Mundo - Suíte: Hotéis  por DG Arquitetura + Design
Hotel Novo Mundo - Suíte por DG Arquitetura + Design 
No quarto, uma simples adaptação pode ser a de mover um pouco a cama, descentralizando-a. Assim, criamos o espaço ideal para a cadeira de rodas, como nesse exemplo que traz um quarto de hotel totalmente adaptado. 

10. Ligação com o exterior sem desnível


Fachada Fundos: Casas modernas por Bernacki Arquitetura

De uma forma geral, sempre que possível, é importante manter a casa totalmente sem desníveis. Nesse caso, entre as áreas internas e o quintal, aplicou-se um deck de madeira no mesmo nível, que realiza uma sutil transferência. E nesse espaço, pode ser ainda mais fácil a locomoção sobre a madeira, principalmente em dias de chuva onde a grama pode ser incômoda. Que tal testar em sua casa essa ideia?!

Nenhum comentário: