segunda-feira, 20 de março de 2017

Evento realiza serviços para pessoas com problemas auditivos na Paraíba

Ação "Quero escutar" acontece no dia 31 de março, em João Pessoa. Atendimentos gratuitos e palestras acontecem no auditório da Funad.

Do G1 PB

Implante auditivo Baha (Foto: Arquivo/ Cochlear)
Implante auditivo Baha (Foto: Arquivo/ Cochlear)

Uma série de serviços gratuitos de saúde vai ser realizada para pacientes com problemas auditivos na Paraíba no próximo dia 31, em João Pessoa. A ação intitulada “Quero escutar”, visa identificar os diferentes tipos de problemas auditivos dos paraibanos e encaminhar os pacientes para o tratamento adequado. Além de atendimentos, na ocasião também vão ser feitas palestras sobre o assunto.

De acordo com a Fundação de Apoio ao Deficiente da Paraíba (Funad), a ação acontece das 7h às 17h, no auditório Antônio Paulino, na sede da fundação, no bairro Pedro Gondim, em João Pessoa. No local, vai ser instalada uma estrutura em formato de ambulatório e uma equipe de médicos otorrinolaringologistas e fonoaudiólogos realizarão os atendimentos, abertos para usuários do Sistema Único de Saúde (Sus) e conveniados a planos de saúde.

Na programação do evento, estão previstas palestras de Facundo Borlando, gerente de produto da Cochlear América Latina e das fonoaudiólogas da Politec Saúde São Paulo e Paraíba, Agatha Joner e Rogéria Dias. Na ocasião, também serão apresentados o Sistema Baha e o Implance Coclear, duas novas tecnologias de solução de problemas auditivos.

Segundo a organizadora do evento, Siumara Bergmann, todas as pessoas que apresentam perda auditiva, independente do grau, são convidadas a participar das avaliações. “A meta é contribuir para o encaminhamento adequado desse paciente para um serviço de saúde, que seja referência no atendimento especializado para o tipo de problema. Além disso, o propósito é mostrar que diferentes inovações tecnológicas estão disponíveis para melhorar sensivelmente a audição e a comunicação de pessoas com determinados tipos de deficiência auditiva”, explica.

Para a presidente da Funad, Simone Jordão, o evento tem uma contribuição para a troca de informações e experiências. “A ação será uma grande oportunidade de aprendizagem e troca de informações acerca das novas tecnologias utilizadas no tratamento auditivo, além de contribuir para o bem estar e uma melhor qualidade de vida dos pacientes”, diz.

Fonte: g1.globo.com

Nenhum comentário: