terça-feira, 28 de março de 2017

Governo lança manual Fortalecimento de Bibliotecas Acessíveis e Inclusivas

O manual é destinado aos bibliotecários e apresenta práticas de inclusão e acessibilidade para serem adotadas nas bibliotecas das instituições

Foto de uma biblioteca, com várias estantes cheias de livros do chão ao teto. Há mesas e cadeiras, com pessoas lendo

O Governo Federal lançou recentemente o manual Fortalecimento de Bibliotecas Acessíveis e Inclusivas, em evento de comemoração ao Dia do Bibliotecário e contou com representantes do Ministério da Cultura (MinC), da Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Ministério dos Direitos Humanos (SNDPD/MDH) e do Conselho Federal de Biblioteconomia.

O manual é destinado aos bibliotecários e apresenta práticas de inclusão e acessibilidade para serem adotadas nas bibliotecas das instituições. Na publicação também estão incluídas as etapas do projeto Acessibilidade em Bibliotecas Públicas, que foi lançado em 2014 pela Mais Diferenças, organização da sociedade civil de interesse público (OSCIP) com foco de atuação em educação e cultura inclusivas, mostrando o planejamento e as ações. O projeto tornou dez bibliotecas públicas acessíveis.

O Secretário Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência Moisés Bauer Luiz destacou a preocupação que os bibliotecários já têm quanto à acessibilidade. “O manual vem auxiliar ainda mais o trabalho desses profissionais. Além disso é fundamental a participação deles no processo de implementação do Tratado de Marraquexe, que regula o intercambio de livros em formatos acessíveis”, ressaltou o secretário.

Foram abordados temas para a efetivação de bibliotecas acessíveis, conceitos principais e como realizar a acessibilidade na prática. O objetivo é que as bibliotecas brasileiras possam ser espaços inclusivos e democráticos.



Nenhum comentário: