quinta-feira, 30 de março de 2017

Menino que sofre de doença mental foi estuprado por 11 jovens

Menino de apenas 13 anos que sofre de um quadro de doença mental foi vítima de abusos sexuais por parte de um grupo de 11 jovens no sul da Itália. Caso veio à tona depois que a mãe da vítima denunciou a barbárie

(Imagem: Ansa/Ilustração)
menino abusado itália 13 anos

Um menino de 13 anos de idade que sofre de um quadro leve de doença mental foi vítima de abusos sexuais por parte de um grupo de 11 jovens, em Giugliano, Nápoles, no sul da Itália. As informações são da agência italiana ANSA e de jornais locais.

De acordo com as autoridades, o caso veio à tona após uma denúncia da mãe da vítima. Todos os acusados são menores de idade, sendo que três deles têm menos de 14 anos.

O episódio ganhou repercussão na Itália e estampou as páginas dos principais jornais do país nesta sexta-feira (24).

“Esse caso é terrível. Não tenho palavras para comentar. A ideia de serem cometidos crimes sexuais, ainda mais por crianças, é desconcertante”, disse o prefeito de Giugliano, Antonio Poziello.

A mãe da vítima contou que os crimes ocorreram várias vezes a partir de janeiro e que procurou a polícia ao notar um comportamento estranho do filho quando estava na companhia do grupo.

Os jovens praticavam bullying contra a criança e ameaçavam matá-la se não se submetesse às agressões sexuais, que ocorriam na rua ou na casa dos adolescentes.

Dos 11 acusados, oito foram colocados sob medidas socioeducativas e os três com menos de 14 anos não puderam sofrer sanções penais.
Brasil

No Brasil, um caso semelhante aconteceu em junho de 2016 na cidade de Fortaleza, capital do estado do Ceará.

Uma criança de apenas 9 anos com necessidades especiais foi estuprada coletivamente dentro da própria escola por outros estudantes, que o seguraram e taparam sua boca para que não gritasse.

Na época, Pragmatismo Político publicou uma matéria sobre o episódio bárbaro. 

com informações de ANSA

Nenhum comentário: