terça-feira, 14 de março de 2017

Orientações gerais para a reeducação intestinal do lesado medular

Por Dra. Dariene Rodrigues

Orientações gerais para a reeducação intestinal do lesado medular

A reeducação de seu intestino após a lesão medular é possível com planejamento e dedicação. Esvaziar o intestino de forma regular e evitar a impactação fecal e a constipação intestinal são os objetivos do programa, além de mantê-lo limpo.

Regras básicas para reeducação intestinal:

1 – Seguir uma dieta balanceada com alimentos laxantes e ricos em fibras vegetais;

2 – Beber adequada quantidade de líquidos ao dia (de 2 a 2,5 litros/dia);

3 – Realizar exercícios físicos diariamente;

4 – Ter um horário preestabelecido para estimular a defecação, de preferência após uma refeição ou após beber líquidos quentes. Fazer isto, mesmo se tiver evacuado antes;

5 – Sentar no vaso sanitário sempre que possível, ou deitar do lado esquerdo para estimular a defecação;

6 – Realizar massagem abdominal no sentido horário (do lado direito para o esquerdo);

7 – Usar supositórios (se você tiver o intestino com esfíncter flácido);

8 – Realizar estímulo dígito anal ou extração das fezes;

9 – Observar a freqüência das eliminações e a consistência das fezes. Caso estejam infreqüentes, com intervalos superiores à 3 dias, e/ou endurecidas, certifique-se de que todos os itens anteriores foram realizados. Só então use o laxante oral;

10 – O laxante escolhido deve ser o mais natural possível, usá-lo na dose recomendada e, assim que possível, tentar substituí-lo por alimentos ricos em fibras vegetais.

Estabeleça um horário regular, no qual você possa estimular o esvaziamento intestinal. Suas eliminações podem ser diárias, em dias alternados, ou a cada três dias. Evite usar grandes enemas (lavagem intestinal). Eles diminuem o tônus normal da musculatura intestinal. Evite também, tomar rotineiramente laxantes orais de composição muito forte.

Material para o esvaziamento intestinal: Luvas, minilax (caso tenha indicação) e óleo mineral (para lubrificação da luva).


Nenhum comentário: