quarta-feira, 29 de março de 2017

Tenista encerra juniores no Parapan e técnico comemora evolução em MG

Atleta de Uberlândia, Fábio Bernardes, fatura duas medalhas em sua última competição pela categoria júnior. Halterofilismo e natação também conquistam pódios

Por Caroline Aleixo Uberlândia, MG

Fábio Bernardes tenista cadeirante Uberlândia tênis em cadeira de rodas (Foto: Raphael Oliveira/Arquivo pessoal)
Fábio, de Uberlândia, encerra ciclo na categoria juniores (Foto: Raphael Oliveira/Arquivo pessoal)

O Brasil fechou a edição dos Jogos Parapan-Americanos de Jovens, na última semana em São Paulo, em primeiro lugar no quadro geral de medalhas com a contribuição de 17 pódios do paradesporto de Uberlândia. Dessas, duas foram faturadas pelo atleta Fábio Bernardes Filgueiras Neto, que encerrou sua participação na categoria de juniores em grande estilo na modalidade tênis em cadeira de rodas.

A primeira medalha do atleta uberlandense foi nas duplas masculinas ao lado do parceiro Jucelio Torquato, ficando em primeiro lugar. Depois da medalha de ouro, os dois brasileiros se enfrentaram na final, pela categoria individual, e Fábio ficou com a prata. Para o treinador Raphael Oliveira, os resultados demonstram a evolução e o alto rendimento adquirido pelo atleta ao longo dos anos.

Desde o início da carreira, o Fábio vem se mostrando em uma crescente muito grande. Todo o seu ciclo foi regado a vitórias, títulos e ótimas partidas, dentro da própria categoria adulta, que ele chegou a disputar.

Agora com 18 anos completos, Bernardes firma o alto rendimento e dá mais um passo importante na carreira, se tornando oficialmente integrante da categoria adulta. Outra boa notícia é que essas mudanças acontecem em meio a grandes expectativas para o futuro.

Com esses resultados, ele tem grandes chances de ser convocado pela seleção brasileira para disputar o Mundial da Itália, em maio. Precisa aguardar o convite, mas estamos bem confiantes e ele tem total capacidade de trazer mais medalhas pelo adulto – reforçou Oliveira.

                    Fábio Bernardes tenista cadeirante Uberlândia tênis em cadeira de rodas Raphael Oliveira técnico (Foto: Raphael Oliveira/Arquivo pessoal)
   Técnico acompanha atleta desde o início da carreira (Foto: Raphael Oliveira/Arquivo pessoal)

O tenista tem calendário previsto com pelo menos cinco torneios internacionais no Brasil para que possa acumular pontos no ranking Mundial. As provas serão realizadas em São Paulo, Vitória e Florianópolis nos próximos meses. Além disso, ele representa Uberlândia em um torneio sul-americano, entre os dias 19 e 23 de abril, na terra natal.

HALTEROFILISMO NO PARAPAN
Uberlândia também foi representada nos jogos pelos halterofilistas Lucas Matheus Barbosa, Maria Rita Oliveira, Vinícius de Freitas e Mateus de Assis, do Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia (CDDU).

Vinícius de Freitas fez a estreia em competições internacionais e conquistou a prata na categoria até 72kg ao levantar 105 kg. Mateus de Assis, por sua vez, fez os levantamentos de 165kg, 175kg e 185kg na categoria até 97kg e conquistou a medalha de ouro.

NATAÇÃO
A equipe paralímpica de natação do Praia Clube voltou para Minas com 13 medalhas sendo seis de ouro, seis de prata e um bronze. A representante das classes S6, SB5 e SM6, Laila Garcia, foi ouro nos 50 metros livre, 400m livre e 100m peito. Também conquistou a prata no revezamento 4x100m Livre.

Natação Praia Clube Uberlândia parapan Jovens (Foto: Divulgação/Praia Clube)
Lucas, Emyly e Laila faturaram 13 medalhas para o Brasil no Parapan (Foto: Divulgação/Praia Clube)

Emyly Silva (S9/SB8/SM9) foi ouro nos 50m livre e revezamento 4x100m medley, prata nos 100m livre, costas e revezamento 4x100m livre. Por fim, faturou a medalha de bronze nos 100m borboleta.

Por fim, Lucas Fernandes conquistou duas medalhas de prata nas provas de 100m peito e no revezamento 4x100m livre.




Nenhum comentário: