sexta-feira, 21 de abril de 2017

Cobrador com deficiência não consegue sair de ônibus incendiado e tem corpo queimado no CE.

Do BOL, em São Paulo

Thiago Gadelha/Diario do Nordeste.
Fortaleza vive onda de ataques a ônibus desde a noite de quarta-feira (19)
Fortaleza vive onda de ataques a ônibus desde a noite de quarta-feira (19)

Um cobrador de ônibus com deficiência foi atingido pelas chamas de um coletivo que foi incendiado na manhã desta quinta-feira (20) em Fortaleza, no Ceará.

José Nunes, de 56 anos, foi encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Canindezinho e, em seguida, ao IJF (Instituto José Frota), segundo a publicação. O estado de saúde não foi divulgado.

Ataques

Fortaleza vive mais um dia de ataques criminosos nesta quinta-feira (20) com quatro ônibus queimados por criminosos. Até o momento, são 20 ônibus incendiados na capital cearense e cidades da região metropolitana,que vêm registrando ataques desde a tarde de ontem.

Seis pessoas foram presas suspeitas de participação dos ataques, segundo a polícia.

As ações coordenadas podem ser uma retaliação pela transferência de detentos de presídios.

Os incêndios criminosos de hoje foram registrados nos bairros Álvaro Weyne, Castelo Encantado, Jardim Fluminense e Vila Velha, em Fortaleza. Ontem, 16 ônibus foram incendiados -12 em Fortaleza e quatro nas cidades de Maracanaú, Horizonte, Eusébio e Pacajus.

Os incêndios na capital foram registrados nos bairros Aerolândia (1), Barra do Ceará (1), Barroso (1), Conjunto Palmeiras (2), Édson Queiroz (3), Jangurussu (2), Parque Dois Irmãos (1) e Siqueira (1).

O sistema de ônibus voltou a operar normalmente desde a noite de quarta, segundo o Sindiônibus (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará).

Segundo a polícia, em todos os ataques a ônibus, criminosos invadiram os veículos e ordenaram que passageiros e funcionários descessem. Em seguida, jogaram combustível e atearam fogo nos ônibus.

Nenhum comentário: