quinta-feira, 27 de abril de 2017

Dez espetáculos da Orquestra Sinfônica do Estado de SP terão recursos de acessibilidade - Veja o vídeo

Osesp abre temporada de concertos acessíveis na Sala São Paulo



A Fundação Osesp traz uma importante novidade para a Série Matinais em 2017! Com o suporte da Mais Diferenças, dez concertos da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo na Sala São Paulo serão acessíveis a pessoas com deficiência. O primeiro deles é no próximo dia 30 (domingo), e os seguintes serão em maio e junho (saiba mais ao final deste texto).


A Fundação Osesp traz uma importante novidade para a Série 

O conteúdo acessível será disponibilizado por meio da tecnologia de um aplicativo, que deverá ser baixado previamente nos tablets e smartphones dos usuários. Os concertos terão audiodescrição simultânea e ao vivo, com informações relevantes à experiência de assistir a um concerto da Osesp na Sala São Paulo.

A Osesp é considerada a principal orquestra sinfônica de toda a América Latina. Seu diretor artístico, Arthur Nestrovski, vê a Sala São Paulo como “um marco da cultura e da arquitetura” da cidade e exalta seu prestígio internacional. “Há poucos anos, o jornal britânico The Guardian conduziu uma pesquisa e escolheu a nossa Sala como uma das dez melhores salas de concerto do mundo. Não só pela arquitetura, mas especialmente pelas condições acústicas mágicas deste lugar”, declara.

Cada espetáculo terá audiodescrição do local e do próprio concerto. A entrada é gratuita e extensiva ao acompanhante, mas é preciso reservar os ingressos enviando um e-mail para comunicacao@md.org.br com nome completo, CPF e telefone da pessoa com deficiência e também do acompanhante (se houver). A retirada de ingressos acontece uma hora antes do espetáculo, na bilheteria do 1º subsolo, que tem rampa de acesso.

Para ter acesso a todo o conteúdo e materiais de comunicação você deve baixar previamente o aplicativo WhatsCine em qualquer smartphone ou tablet (o app está disponível na Apple Store e no Google Play) e levar um fone de ouvido.

Além dos concertos, em breve a Sala São Paulo também promoverá visitas guiadas com audiodescrição e Libras.

Confira os primeiros concertos com acessibilidade:
30 de abril, às 11 horas — Marzena Diakun rege a Osesp
21 de maio, às 11 horas — Valentina Peleggi rege a Osesp (com a violinista Sarah Nojosa)
04 de junho, às 11 horas — Enrique Mazzola rege a Osesp (com o trompetista Thiago Araújo)
25 de junho, às 11 horas — Neil Thomson e José Soares regem a Osesp (com o violoncelista Luiz Fernando Venturelli) *Em breve a programação do segundo semestre.

Nenhum comentário: