quinta-feira, 6 de abril de 2017

Jucinei Costa e Tibério Maribondo são eleitos presidentes das federações do RJ e RN

Jucinei Costa e Tibério Maribondo são eleitos presidentes das federações do RJ e RN
Foto: Jucinei Costa, à esquerda, e Tibério Maribondo, à direita, durante o Grand Prix Infraero de Judô Para Cegos 2016 - Etapa Final. (Crédito: João Gomes/CBDV/Inovafoto)

O professor Jucinei Costa foi eleito por aclamação para a presidência da Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro (FJERJ), em Assembleia Geral Extraordinária realizada no Instituto Benjamim Constant, Zona Sul do Rio de Janeiro, no último sábado (1). E em Assembleia Geral Eletiva, realizada no dia 28 de março, na Secretaria do Estado de Esporte e Lazer do Rio Grande do Norte, o professor Tibério Maribondo foi reeleito presidente na Federação de Judô do Rio Grande do Norte (FJERN). Os dois ficarão à frente das respectivas entidades no quadriênio 2017/2021.

Os novos presidentes têm história no esporte paralímpico brasileiro. Jucinei Costa foi técnico da seleção brasileira de judô nos Jogos Paralímpicos de Atenas, em 2004, e Pequim, em 2008. No último ciclo, Rio 2016, ele foi importante na preparação do peso pesado Wilians Araújo, prata na competição, e Karla Cardoso.

Espero conseguir recursos para custear as equipes que representarão o Estado em Campeonatos Brasileiros, reduzir as taxas aplicadas e, em última instância resgatar o prestígio do Judo Fluminense. Num segundo momento, o objetivo é aumentar o crescimento do judô no interior do estado, melhorar a qualidade das equipes de Alto Rendimento e prestar assessoria técnica ao Judô de base do estado - projeta o novo presidente.

Já Tibério foi recentemente coordenador do judô paralímpico nos Jogos Parapan-Americanos de Jovens, em São Paulo, e auxiliar técnico da seleção brasileira em diversos eventos. O potiguar também é o sensei de três atletas que estiveram nas Paralimpíadas do Rio: Abner Oliveira e Arthur Silva e Halyson Boto.

Vamos para o segundo mandato sabendo dos desafios que teremos pela frente. A principal meta é manter a curva de crescimento técnico e competitivo do judô potiguar e viabilizar uma sede administrativa e um espaço de treinamento para as seleções mais adequados às nossas necessidades, e principalmente manter a unidade do nosso judô - projetou Maribondo.

Na Federação do Rio, a gestão do professor Jucinei Costa contará ainda com o vice-presidente Leonardo Lara, do Judô Clube Lara, entidade filiada à CBDV, e o superintendente Jeferson Vieira, árbitro internacional, com experiência nas mais importantes competições olímpicas e paralímpicas, entre elas, os Jogos do Rio 2016.

Fonte: cbdv.org.br

Nenhum comentário: