terça-feira, 25 de abril de 2017

Mãe deixa menino com deficiência física sozinho em casa para ir a bar

Conselho Tutelar disse que mulher foi presa e solta após pagar fiança. Vizinho chamou a polícia após ouvir criança chorar em casa na Zona Norte de Londrina.

Imagem Internet/Ilustrativa
Resultado de imagem para abandono de incapaz criança

Por Luciane Cordeiro, G1 PR, em Londrina

Um menino de 4 anos, com deficiência física, foi encontrado sozinho em uma casa em Londrina, no norte do Paraná, na madrugada de domingo (23). A criança foi encontrada com fome e trancada dentro um quarto do imóvel localizado na Zona Norte. A Polícia Militar e o Conselho Tutelar disseram que a mãe da criança estava em um bar.

Vizinhos da casa onde o menino foi encontrado denunciaram a situação à polícia, pois ouviram ele chorar.

A conselheira tutelar Regina Iwamoto relata que o menino estava com fome quando foi encontrado. “Um vizinho deu um lanche e os policiais deram chocolates que tinham na hora para acalmá-lo. Uma situação lamentável, porque a criança precisou se arrastar até a janela do quarto para pedir socorro. A casa também estava toda bagunçada, em uma situação deplorável”, pontua a conselheira.

Conforme a polícia, a mãe do menino saiu da casa por volta das 23h50 de sábado (22) e só retornou por volta das 4h30 de domingo. Aos policiais e à conselheira tutelar, a mulher disse que era a primeira vez que tinha deixado o filho em casa sozinho.

“A mãe falou que era a primeira vez, mas a criança contou que sempre vê a mãe se arrumando e fazendo maquiagem. Agora vamos encaminhar o caso à Vara da Infância e da Juventude”, relatou Regina Iwamoto.

A mulher de 26 anos foi presa e levada à Delegacia da Polícia Civil. Conforme o Conselho Tutelar, ela pagou fiança de R$ 2 mil e foi solta.

O menino foi entregue a uma avó ainda na madrugada de domingo, e, na manhã desta segunda-feira (24), a guarda passou para o pai e madrasta. O pai relatou ao Conselho Tutelar que não tinha contato frequente com o menino porque a mãe não deixava.

O Conselho Tutelar informou que encaminhará um relatório sobre o caso à Justiça. É a Vara da Infância que definirá com qual dos pais a guarda da criança ficará.

Criança no fundo de vale
Já na madrugada de sexta-feira (21), uma criança de um ano e quatro meses foi encontrada em um fundo de vale no bairro Jardim Sabará, também em Londrina. A criança estava deitada em um carrinho de bebê. O Conselho Tutelar detalhou que a mãe também foi presa.

O conselho informou que a mulher tentou justificar o abandono afirmando que tinha um encontro. “Ela tentou deixar a criança na casa de uma pessoa durante a madrugada, mas essa pessoa se recusou e chamou a polícia”, conta a conselheira.

Fonte: g1.globo.com - Imagem Internet/Ilustrativa

Nenhum comentário: