domingo, 30 de abril de 2017

Nadadora de São José dos Campos bate recorde brasileiro no Circuito Loterias Caixa e mira índice para o Mundial

Por CPB

Leandro Martins/CPB/MPIX
Imagem

A etapa regional São Paulo do Circuito Loterias Caixa de Atletismo e Natação começou neste sábado, no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, com quebra de recorde brasileiro na piscina. A paulista de São José dos Campos Maiara Barreto (IMG/SP), classe S3, estabeleceu a melhor marca do país nos 200m livre, com 4min29s68. A nadadora é integrante da Seleção Brasileira e tentará, em junho e agosto, durante as nacionais do Circuito, obter índice para o Mundial da modalidade, em outubro, na Cidade do México.

A prova dos 200m livre não é a especialidade de Maiara, que prefere os 50m costas. Mas o novo recorde brasileiro animou a paulista para os próximos desafios. "Cheguei aqui e estava querendo melhorar mesmo a marca nesta prova. Fiquei bem feliz com o resultado e isso será bom pra mim nas etapas nacionais", contou.

Ainda sem ídice para o Mundial, Maiara acredita a chance maior de conseguir a marca mínima estabelecida pelo Comitê Paralímpico Brasileiro é nos 50m costas, sua prova preferida. A prova aliás, foi disputada nesta manhã e vencida também por Maiara, que marcou 1min03s46, tempo quatro segundos acima do índice.

"Acho mais fácil conseguir nos 50m costas porque é a que treino mais. Ainda preciso baixar o tempo, mas vou me esforçar muito nas nacionais [do Circuito Loterias Caixa], baixar esse tempo e chegar a esse Mundial", planeja.

A nadadora compete no esporte paralímpico há quatro anos. Maiara sofreu um acidente de moto em 2009 e teve trauma na coluna. Antes do acidente, já praticava a natação. No ano passado, Maiara integrou a delegação brasileira nos Jogos Paralímpicos Rio 2016.

Atletismo
No atletismo, o destaque ficou por conta de Aline Rocha. A atleta da classe T54 venceu duas provas na primeira manhã de competições da modalidade. Primeiramente, foi a mais veloz nos 5.000m, com o tempo de 13min06s23. Em seguida, voltou à pista para uma disputa mais rápida - os 100m - e venceu em 18s22.

Aline retornou à pista do CT Paralímpico na parte da tarde. Em um espaço de menos de 30 minutos, venceu os 400m com o tempo de 1min03s26 e os 1.500m em 4min19s73. Neste domingo, ela retorna ao local para mais duas provas: os 200m e os 800m.

Esgrima em cadeira de rodas
Neste fim de semana o Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro também está recebendo a I Copa Brasil de esgrima em cadeira de rodas. Quatro categorias conheceram seus campeões na noite desta sexta-feira: florete masculino (categoria A), espada (B), florete (C) e espada feminina (A). Hoje, espada masculina (categorias A e C), florete masculino (B), florete feminino (A) e sabre masculino (A) definem os pódios. Os resultados das disputas por medalha podem ser conferidos no site do CPB (www.cpb.org.br).

Programação
Etapa Regional São Paulo do Circuito Loterias Caixa de atletismo e natação
Sábado (29/4) - 8h às 12h e 14h às 18h
Domingo (30/4) - 8h às 12h

I Copa Brasil de esgrima em cadeira de rodas
Sexta-feira (28/4) - 9h às 17h
Sábado (29/4) - 9 às 17h
Domingo (30/4) - 9h às 13h

Local: Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, localizado no km 11,5 da Rodovia dos Imigrantes (ao lado do São Paulo Expo), na capital paulista

O Circuito
O Circuito Loterias Caixa é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro e patrocinado pela Caixa Loterias. Este é o mais importante evento paralímpico nacional de atletismo e natação. Composto por quatro fases regionais e três nacionais, tem como objetivo desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios e estados brasileiros, além de melhorar o nível técnico das modalidades e dar oportunidades para atletas de elite e novos valores do esporte paralímpico do país.

Patrocínios
A equipe brasileira de atletismo tem patrocínio das Loterias Caixa e da Braskem.

A equipe de natação tem patrocínio das Loterias Caixa.

Time São Paulo
A atleta Maiara Barreto é integrante do Time São Paulo, parceria entre o CPB e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo que beneficia 56 atletas, e nove atletas-guia de 10 modalidades.

Fonte: cpb.org.br

Nenhum comentário: