sábado, 1 de abril de 2017

Torcedora com paralisia assiste a jogo do Fla no estádio pela primeira vez

Pollyana, de 23 anos, teve o nome cantado pela torcida do time do coração durante o primeiro tempo: "Ficou muito emocionada", contou o irmão

Por GloboEsporte.com Volta Redonda, RJ

                Pollyana e o irmão fazem selfie no Raulino (Foto: Arquivo pessoal)
                Pollyana e o irmão fazem selfie no Raulino (Foto: Arquivo pessoal)

Sorrisos, sorrisos e mais sorrisos. Foi assim a primeira vez de Pollyana Ribeiro Gomes, de 23 anos, em um estádio de futebol. Ela é portadora de paralisia cerebral congênita e tem na paixão pelo Flamengo o estímulo que lhe permite um novo mundo de possibilidades, como assistir ao jogo do time do coração contra o Volta Redonda, na última quarta-feira.

Se o Flamengo ficou no 1 a 1 dentro de campo, a alegria da noite veio das arquibancadas. A torcida entoou o nome de Pollyana durante o primeiro tempo da partida.

Ela é torcedora fanática desde muito nova e sempre acompanha pela televisão. Ontem foi a primeira vez que a gente levou ela no estádio. Quando a gente disse que ela ia ver o jogo, ela ficou muito emocionada. Pela influência da família, ela tem esse amor pelo Flamengo. Chora quando perde, fica brava quando leva gol - contou o irmão Igor Ribeiro Gomes, um ano mais novo.

Se ir ao estádio é um objetivo riscado da lista, Pollyana já sonha com os próximos. Quem sabe em algum outro jogo do Flamengo em Volta Redonda ela tenha a oportunidade de um contato mais próximo com os jogadores?

Pollyana foi com o irmão assistir ao Flamengo no Raulino (Foto: Arquivo pessoal)
Pollyana foi com o irmão assistir ao Flamengo no Raulino (Foto: Arquivo pessoal)

Fonte: globoesporte.globo.com

Nenhum comentário: