domingo, 21 de maio de 2017

Com trio medalhista do Rio 2016, Brasil é campeão mundial por equipes de tênis de mesa

Por CPB

Divulgação/CBTM
Imagem

As mesa-tenistas Bruna Alexandre, Danielle Rauen e Jennyfer Parinos garantiram neste sábado, 20, na Bratislava, Eslováquia, o título do Mundial de Equipes da modalidade na classe 9-10. As três atletas fizeram história ao levar o país ao ponto mais alto do pódio pela primeira vez na competição. Para conquistar o ouro, as brasileiras enfrentaram hoje a Croácia, na semifinal, e a Turquia, na final.

Até esta edição, a melhor campanha da delegação brasileira tinha sido em 2014, na China, quando conquistou dois bronzes, com a Classe 8-10 feminina (Bruna Alexandre, Jane Rodrigues e Jennyfer Parinos) e Classe 1 masculina (Aloisio Lima e Bruna Braga).

A primeira partida deste sábado, contra a Croácia, pela semifinal, teve vitória do Brasil por 2 jogos a 0. Nas duplas, Bruna Alexandre e Danielle Rauen bateram Mirjana Lucic e Sandra Paovic por 3 sets a 1 (11/4; 6/11; 11/9 e 11/4). Bruna Alexandre, posteriormente, encarou Mirjana Lucic e triunfou por 3 sets a 0 (11/2; 13/11 e 11/5), fechando o confronto e assegurando medalha inédita para a equipe comandada por Raphael Moreira.

Na final, o duelo foi contra as turcas Neslihan Kavas e Merve Demir. Nas duplas, o confronto foi bastante equilibrado, mas Bruna e Danielle venceram por 3 sets a 2, depois de perder os dois primeiros sets (8/11; 3/11; 11/9; 13/11 e 13/11). Bruna, depois, esteve frente a frente com Merve e conseguiu superar a adversária por 3 sets a 0 (11/8; 11/2 e 11/6), garantindo a medalha dourada para o Brasil.

O trio brasileiro chegaram ao Mundial Paralímpico de Equipes com moral. Bruna, Danielle e Jennyfer já haviam levado o ouro no Aberto da Eslovênia, na última semana. Além disso, vale lembrar que elas conquistaram o bronze no torneio por equipes nos Jogos Paralímpicos Rio 2016.

Time São Paulo
As atletas Bruna Alexandre, Danielle Rauen e Jennyfer Parinos são integrantes do Time São Paulo, parceria entre o CPB e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo que beneficia 56 atletas, e nove atletas-guia de 10 modalidades.

Com informações da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM)

Fonte: cpb.org.br

Nenhum comentário: