quinta-feira, 25 de maio de 2017

Em Santarém, alunos de escola pública são apresentados ao Goalball - Veja o vídeo

Atividade visa estabelecer a inclusão dos alunos na prática esportiva. Modalidade escolhida ainda é pouco conhecida na região e é destinada a pessoas com deficiência visual

Por GloboEsporte.com, Santarém, PA

Resultado de imagem para Em Santarém, alunos de escola pública são apresentados ao Golbol
Alunos de escola pública de Santarém fazem simulação de Goalball

Alunos da Escola Estadual Maria Uchôa, no bairro Floresta, participaram de atividades de inclusão desenvolvidas por acadêmicos de educação física de uma universidade particular de Santarém.

Click AQUI para ver o vídeo.

Os jogos consistiram na sensibilidade e percepções tátil e auditiva. Os estudantes jogaram partidas de Goalball com os olhos vendados e precisaram da ajuda dos demais para conseguirem fazer gols.

O esporte é praticado por atletas que possuem deficiência visual e o objetivo é arremessar uma bola sonora com as mãos no gol do adversário. Segundo os coordenadores das atividades, com as vendas os estudantes precisam estimular a sensibilidade e conhecem os desafios que pessoas com deficiência enfrentam.
Para a acadêmica Gisele Caroline, as propostas de adaptações dentro de esportes convencionais têm dado resultados positivos para a saúde e meio social.

Eles percebem que há diversas possibilidades de inclusão no esporte, principalmente para aquelas pessoas possuem limitações, deficiências.

Normalmente essas pessoas se sentem inúteis, acham que nãos servem para nada. Porém, estamos mostrando que o jogo não é somente para pessoas que possuem deficiência, mas também para aqueles alunos dentro da escola que são menos habilidosos, que se auto excluem – explicou.

De acordo com a participante do jogo, Carla Sarmento, se colocar no lugar do outro e saber das dificuldades existentes possibilita o entendimento e estimula a ajuda às pessoas com limitações.

É muito bom termos muitos esportes e também termos a atitude de ajudar o colega que possui qualquer tipo de deficiência. O fato de ajudar é muito bom para a gente e acabamos aprendendo muito mais com isso – disse.

O esporte

Por ser um esporte adaptado, o Goalball tem algumas semelhanças com outros esportes. Cada equipe é composta de três jogadores em quadra e até três reservas. Os jogadores tem o objetivo de fazer gols no time oposto. A bola usada na modalidade é feita de borracha espessa e não possui enchimento. Ela tem orifícios que potencializam os guizos internos para auxiliar os atletas.

Por necessitar da percepção tátil e auditiva, os ginásios permanecem em silêncio até a marcação de um gol.

Nenhum comentário: