domingo, 28 de maio de 2017

Este garoto com deficiências ganhou a festa dos sonhos depois que ninguém compareceu ao seu aniversário

Gerald Hamilton mora em Indiana é possui complicações cerebrais que lhe exigem passar por cirurgias a cada três anos e nunca teve uma festa de aniversário com amigos, apenas familiares. Neste ano o garoto queria muito celebrar sua festa com outras crianças.

Courtesy of Amelia Lara
Courtesy of Amelia Lara

“Sua irmã mais velha acaba de fazer uma festa cheia de amigos, foi daí que acho que ele tirou a ideia.” conta a avó, Amelia.

30 convites foram enviados, 12 crianças confirmaram que iriam e isso deixou Gerald muito animado. No dia 26 de março a casa estava toda enfeitada de super heróis, mas ninguém veio.

Então a mãe, Kristina, decidiu cortar o bolo, mas Gerald não a deixou dizendo: “E se algum dos meus amigos chegar?”.

“Kristina me contou o que havia acontecido e isso partiu meu coração,” diz a avó. “Mesmo que seu objetivo não fosse uma festa apenas com familiares, ele estava feliz que todos estavam ali com ele.”

When Hamilton called the parents of the 12 kids who were invited but didn’t show up to find out why, their response was that Gerald was “too different for their kids to play with.”

Quando a sra. Hamilton decidiu ligar para os pais das 12 crianças que confirmaram presença mas não apareceram, ela obteve a mesma resposta de todos eles “ele é muito diferente para brincar com nossos filhos”

Foi então que a avó decidiu postar no Facebook a história.

Após a postagem, ela imaginou que pudessem haver mensagens para o pequeno Gerald, mas na manhã seguinte haviam pilhas e pilhas de presentes e cartas endereçadas ao menino.

Courtesy of Amelia Lara
Courtesy of Amelia Lara

“Ele gosta de presentes, mas AMA cartas.” conta a avó, “Ele brinca por alguns minutos com os brinquedos e em seguida já os entrega a alguém para poder voltar a ler as cartas.”

O garoto foi convidado a uma reunião oficial no conselho da cidade, onde foi recebido com uma festa surpresa cheia de mais presentes e, ainda por cima, um cão policial para brincar com ele. E ele ama cães policiais!

“Ele estava muito triste no dia do seu aniversário, mas agora ele realmente sente o que é ter um aniversário.”, diz Amelia. “Estou feliz que conseguimos mostrar pra ele que nem todo mundo é maldoso e ainda existem pessoas boas neste mundo.”

Fonte: perfeito.guru

Nenhum comentário: