sexta-feira, 5 de maio de 2017

Hotéis com acessibilidade começam a se expandir no Brasil


Toten acessível já está disponível no Brasil.
Já falamos aqui no blog sobre o turismo da Alemanha ser um dos mais acessíveis do mundo para pessoas com algum tipo de deficiência. A boa notícia é que o tema tem se espalhado pelos quatro cantos do mundo e está cada vez mais relevante por aqui também. Seguindo esse modelo, hotéis com acessibilidade começam a se expandir no Brasil e aumentam a sensação de pertencimento dos turistas.
Recentemente, foi aberto no Rio de Janeiro o primeiro hotel 100% acessível do país. Em plena Barra da Tijuca, o Venit + Mio Barra Hotel alia dois complexos num só endereço: um hotel boutique e um corporativo, além de dois restaurantes. Com fachada que faz alusão às obras do artista Piet Mondrian, projetada pelo arquiteto Marcos Sá, o empreendimento alia sustentabilidade e acessibilidade em toda sua infraestrutura.

                      
                 O hotel Venit é totalmente acessível.
Os ambientes e elevadores são adaptados para facilitar a mobilidade de cadeirantes, além de ter um sistema de chamada com inscrições em braile e sistema de voz. A piscina tem rampa, corrimão, barra de apoio e cadeirinha elevatória. Dos 170 quartos, 11 foram configurados para serem totalmente acessíveis, equipados com sistema de comunicação em braile e sistema de voz, banheiros com rampa e barras de apoio.
Os menus são elaborados também em braile, para que a leitura seja possível aos cegos. A piscina é adaptada com barras de apoio, rampa e cadeirinha elevatória, item este que é o único dentro da rede hoteleira do Rio de Janeiro.
             
             Acomodação no Venit hotel.
Há outras opções na Cidade Maravilhosa que estão alinhadas com esta proposta. O Hilton Barra conta com alarmes visuais em todas as áreas comuns do hotel, além de adaptação em elevadores – com painel adaptado -, estacionamento e salas de reunião para hóspedes com necessidades especiais.
Menus em braile, facilidades para cão-guia, botão de emergência em telefones, rampas de acesso e outras medidas também foram implantadas. A acessibilidade engloba 16 apartamentos, que incluem portas automáticas e com pelo menos 82 cm de largura, além de barra de segurança nos banheiros.
O Hotel Fasano dispõe de ambientes adaptados em boa parte de sua infraestrutura, como recepção, lobby, restaurante, bar da piscina e área de lazer, além de dois quartos acessíveis. Uma curiosidade é que, no caso de pessoas com deficiência auditiva, os funcionários estão autorizados a entreabrir a porta e piscar a luz até que o hóspede autorize sua entrada.
Já o Windsor Miramar possui quatro quartos com acessibilidade, que se estende para as demais áreas do hotel, como o business center e a piscina, além de menu em braile no restaurante. É permitida a entrada de cão guia. O mesmo número de quartos e facilidades também estão no Hotel Sheraton Barra.

                  
              Banheiro acessível no hotel Miramar.
Há ainda um hostel acessível não só nos preços da diária, mas em sua infraestrutura. O Gaia Comfort oferece oito camas em quartos compartilhados com adaptações para cadeirantes, além de quarto privativo, onde é permitida a entrada de cão guia. Além disso, conta com rampas de acesso, luz de emergência no banheiro e demais medidas de acessibilidade nas áreas comuns.
                   
              Gaia Hostel.
É muito importante incluir a acessibilidade em lugares de grande circulação como é o caso dos hotéis. A ADVComm presta serviços nessa área, aplicando diversas medidas que deixam o local mais inclusivo e seguro, como placas de sinalização em braile, sinalização tátil e visual de piso (piso tátil e/ou elementos táteis), fita antiderrapante, estêncil para demarcação de vagas, rampas portáteis, entre outras. Em nosso hall de clientes, a Accor Hotels e a Atlantica Hotels optaram por adaptar seus empreendimentos com a gente.
Fontes: ADVCOMM - turismoadaptado.wordpress.com

Nenhum comentário: