quarta-feira, 10 de maio de 2017

Tecnologias ampliam aprendizagem de estudantes com deficiência - Veja o vídeo.

"Temos que trabalhar as habilidades de cada estudante, valorizando as diferenças", diz a professora Elisa Schlünzen, palestrante no congresso Bett Educar, que reúne especialistas brasileiros e internacionais em atividades estruturadas de aprendizagem, práticas de sala de aula, formação de professores, gestão e políticas educacionais. Confira no #blogVencerLimites a programação completa do evento.

Luiz Alexandre Souza Ventura

Imagem: Divulgação
Elisa Tomoe Moriya Schlünzen, coordenadora do Núcleo de Educação a Distância da UNESP. Imagem: Divulgação
Elisa Tomoe Moriya Schlünzen, coordenadora do Núcleo de Educação a Distância da UNESP. 

“A principal barreira para a inclusão genuína de pessoas com deficiência na educação é atitudinal, tanto por parte das escolas quanto dos estudantes. Com acesso e oportunidade, a evolução é possível a todos os alunos, mas o processo atual de ensino ainda tem base na memorização”, afirma a professora Elisa Tomoe Moriya Schlünzen, coordenadora do  Núcleo de Educação a Distância (NEAD) da Universidade Estadual Paulista (Unesp).

A docente será palestrante no congresso Bett Educar que começa nesta quarta-feira, 10, em São Paulo, e abordará o tema ‘Educação Especial: tecnologias que promovem avanço na aprendizagem’.

Segundo Elisa Schlünzen, na atual era da informação e do conhecimento, uma pesquisa rápida na internet fornece muitos dados, mas o aluno precisa saber diferenciar o que é correto e verídico.

Duas barreiras são muito preocupantes. Uma delas é a atitude do professor, quando ele recebe um aluno com deficiência e imediatamente afirma não ser preparado para lidar com aquele estudante, ‘eu não tenho formação e não quero saber’, delegando suas responsabilidades”, diz a professora. “Também precisamos pensar que a inclusão prevê um ensino de qualidade para todos. Dessa forma, não podemos manter a maneira de ensinar do século passado”.

“Enquanto eu apenas profetizar conceitos, não conseguirei formar os alunos. Precisamos pensar em uma metodologia que trabalhe as competências e as habilidades de cada estudante”, diz a docente

A meta das palestras ministradas pela professora é levar ideias e práticas usadas no Centro de Promoção para Inclusão Digital, Escolar e Social (CPIDES) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp de Presidente Prudente.

Ela criou o centro em 2015 para formar professores interessados na inclusão, por meio de mudanças nas práticas diárias. Elisa Schlünzen começou a trabalhar com o tema em 1997, em sua tese de doutorado, defendida no ano 2000.

Acesse http://www.bettbrasileducar.com.br/. Imagem: Reprodução


Saiba mais – Com o tema ‘Inovação: Novos Horizontes para a Educação’, a Bett Educar 2017 ocupa o São Paulo Expo Exhibition & Convention Center (antigo Imigrantes Expo) a partir desta quarta-feira, 10, até sábado, 13. São esperadas mais de 20 mil pessoas nos quatro dias.

O evento engloba o congresso Bett Educar, com palestras gratuitas e eventos especiais para lideranças de escolas particulares e também para instituições de ensino superior. Na área de exposições, aberta ao público, com acesso gratuito, produtos, serviços e soluções nacionais e internacionais serão apresentados.

Entre os temas estão a gestão e a formação de professores, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), neurociências, bilinguismo, robótica, inteligência artificial, realidade virtual, personalização do ensino, interdisciplinaridade e competências socioemocionais, além do STEAM (sigla em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática).

O congresso será ministrado por especialistas brasileiros e internacionais, em 133 atividades estruturadas por 28 temas, em 5 eixos: Aprendizagem, Práticas de Sala de Aula, Formação de Professores, Gestão e Políticas Educacionais.

O destaque fica para a Programação e Robótica – ensino e aprendizagem; Avanços da Neurociências em favor da Aprendizagem; Inovação, trabalho em equipe e uso de tecnologias; Educação Especial e Inclusiva; Desenvolvimento de Competências, e Políticas Educacionais: A Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a construção de currículos e o novo ensino médio.

Haverá ainda palestras magnas ao final de cada dia e palestras especiais gratuitas com renomados especialistas

“A Bett Educar é um encontro que agrega e enriquece o repertório educacional de todos os participantes, com atualização teórica e prática compartilhada por especialistas renomados em educação, tecnologia e inovação. Reúne conceitos e tendências, para levar este conhecimento à sala de aula, maximizando a aprendizagem dos alunos”, diz Vera Cabral, curadora do evento.

Exposição – A Feira Bett Educar, com mais de 200 empresas expositoras, apresentará as mais recentes soluções, tecnologias e inovações integradas às principais demandas e necessidades do sistema educacional. A área de exposição é aberta ao público.

Aplicativo – O APP (iOS ou Android) desenvolvido para este ano tem mais um feature: os participantes podem fazer o cadastro, criando uma rede social dentro do aplicativo para envio de mensagens a outros participantes cadastrados e até agendar reuniões.

SERVIÇO
Bett Educar 2017 – São Paulo – Brasil
Data: de 10 a 13 de maio
Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center (antigo Imigrantes Expo)
Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 – São Paulo-SP
Horário: das 9h às 19h





Nenhum comentário: