sexta-feira, 26 de maio de 2017

Transporte ferroviário terá que garantir acesso de cadeirantes

O ramal Deodoro, da Supervia, é um dos exemplos de falta de acessibilidade
O ramal Deodoro, da Supervia, é um dos exemplos de falta de acessibilidade Foto: Fabio Guimaraes / Agência O Globo

Por: Aline Macedo

O governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) sancionou no Diário Oficial desta quinta-feira (25) o projeto que obriga estações de trem e metrô no estado do Rio a melhorarem a acessibilidade para cadeirantes.

O texto, de autoria da deputada Lucinha (PSDB), determina que sejam colocadas rampas ou outros meios que facilitem o acesso tanto às estações, como também às plataformas de embarque e desembarque.

As concessionárias dos serviços ferroviários têm 180 dias para se adequar à nova lei. No caso de descumprimento da norma, estão previstas multas que serão revertidas para o Fundo Especial de Apoio a Programas de Proteção e Defesa do Consumidor (Feprocon).

Segundo estudos realizados no município do Rio de Janeiro, apenas 13,7% das plataformas de embarque e desembarque são adaptados para cadeirantes.

"É um texto importante. As adaptações darão à população o acesso ao transporte com mais carinho e tranquilidade. Estou muito feliz que a legislação tenha sido publicada no D.O.", comemorou Lucinha.

Nenhum comentário: