sexta-feira, 30 de junho de 2017

Bebê quase morre após sofrer convulsão provocada por prisão de ventre

Lily-May ficou 5 minutos sem respirar; médicos descobriram que ela é intolerante à lactose

Do R7

                             Foto: Reprodução/ Daily Mail
                                 Uma bebê de um ano parou de respirar por cinco minutos
depois de sofrer uma convulsão causada por constipação. A menina foi salva pela
mãe, Chloe Cook, 19 anos, que realizou os primeiros-socorros nela. As informações
são do jornal Daily Mail
Uma bebê de um ano parou de respirar por cinco minutos depois de sofrer uma convulsão causada por constipação. A menina foi salva pela mãe, Chloe Cook, 19 anos, que realizou os primeiros-socorros nela. As informações são do jornal Daily Mail.

                             Foto: Reprodução/ Daily Mail
                                 Depois de se recuperar, Lily-May foi diagnosticada com intolerância à lactose, o que provavelmente causou a constipação quase fatal, segundo Chloe 
Depois de se recuperar, Lily-May foi diagnosticada com intolerância à lactose, o que provavelmente causou a constipação quase fatal, segundo Chloe.


Foto: Reprodução/ Daily Mail
— Ela tinha problemas para ir ao banheiro desde que nasceu. Isso
significava que ela estava tão bloqueada que seu corpo se desligou para lidar
com a dor
Ela tinha problemas para ir ao banheiro desde que nasceu. Isso significava que ela estava tão bloqueada que seu corpo se desligou para lidar com a dor.


              Foto: Reprodução/ Daily Mail
                De acordo com o médico Anton Emmanuel, da British Society of Gastroenterology, a intolerância à lactose pode causar constipação mesmo que as pessoas tendem a associá-la mais a causar diarreia
De acordo com o médico Anton Emmanuel, da British Society of Gastroenterology, a intolerância à lactose pode causar constipação mesmo que as pessoas tendem a associá-la mais a causar diarreia.


                              Foto: Reprodução/ Daily Mail
                                  — A constipação grave não está associada a convulsões e os
pacientes não devem ficar alarmados. No entanto, ser constipado pode ser parte
de estar predisposto a convulsões em jovens
A constipação grave não está associada a convulsões e os pacientes não devem ficar alarmados. No entanto, ser constipado pode ser parte de estar predisposto a convulsões em jovens.


                                      Foto: Reprodução/ Daily Mail
                                           A mãe de Lily-May criou um grupo de apoio para aumentar a
conscientização sobre a importância dos primeiros-socorros
A mãe de Lily-May criou um grupo de apoio para aumentar a conscientização sobre a importância dos primeiros-socorros.

                              Foto: Reprodução/ Daily Mail
                                   — Quero ajudar outras mães a estarem prontas para salvar a vida de
seus pequenos se precisam. Eu estava preocupada porque Lily-May não tinha ido
ao banheiro durante um tempo e sua temperatura ficou realmente muito alta
Quero ajudar outras mães a estarem prontas para salvar a vida de seus pequenos se precisam. Eu estava preocupada porque Lily-May não tinha ido ao banheiro durante um tempo e sua temperatura ficou realmente muito alta.

        Foto: Reprodução/ Daily Mail
          — Ela estava apertando os punhos e tremendo. Ela não estava respirando, ficou azul, totalmente imóvel e fria. Era como se estivesse morta
Ela estava apertando os punhos e tremendo. Ela não estava respirando, ficou azul, totalmente imóvel e fria. Era como se estivesse morta.

                              Foto: Reprodução/ Daily Mail
                                  Após os primeiros-socorros prestados pela mãe, a menina voltou a
respirar e foi levada ao hospital
Após os primeiros-socorros prestados pela mãe, a menina voltou a respirar e foi levada ao hospital.

                           Foto: Reprodução/ Daily Mail
                               Atualmente com dois anos, a menina segue uma dieta livre de lactose e glúten
elaborada por uma nutricionista 
Atualmente com dois anos, a menina segue uma dieta livre de lactose e glúten elaborada por uma nutricionista

Nenhum comentário: