sexta-feira, 2 de junho de 2017

Deficiência intelectual. Da relação familiar à inclusão profissional

Integrar uma família é a primeira experiência de vida em sociedade de toda criança.

                          Imagem Internet/Ilustrativa
                                 BEST BUDDIES BRAZIL - MELHORES AMIGOS

Brasil tem quase 46 milhões de pessoas com deficiência, segundo o censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e quase 3 milhões são pessoas com deficiência intelectual.

Pensando nessa população, a Best Buddies Brasil - Melhores Amigos, associação sem fins lucrativos, vai além de seus programas permanentes de Amizade, Liderança e Trabalho. Incentiva o empoderamento de famílias com crianças com deficiência intelectual.

Em março deste ano, a Best Buddies Brasil participou de duas apresentações exclusivas acerca deste tema. Até porque segundo educadores e estudiosos da área da inclusão social, muitas mães vão aquém das sensações agradáveis geradas pela maternidade quando são informadas da tarefa de lidar com um bebê com deficiência.

Ciente dessa realidade, na ocasião, Julia Serpa Pimentel, doutora e docente do Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA) de Lisboa, Portugal, participou das apresentações e evidenciou sobre a criação e implantação do projeto Oficinas de Pais, na Associação Pais em Rede de Portugal, que, desde 2008, conscientiza e informa familiares sobre o saber lidar com o nascimento e a criação de um filho com deficiência.

Durante uma das apresentações, na sede da Best Buddies Brasil, Julia descreveu parte de suas experiências a frente do projeto Oficinas de Pais da Associação Pais em Rede. Mencionou casos de pais que chegaram a culpar o mundo pelo fato de conceberem um bebê com deficiência, além do misto de reações, da rejeição ao sofrimento. Da aceitação ao amor para com um filho. Nesse contexto, o projeto Oficina de Pais da Associação Pais em Rede trabalha a organização emocional, amenizando gradativamente as incertezas e os conflitos existenciais de famílias atendidas.

Roberta Cruz Lima, diretora da Best Buddies Brasil, observa que o projeto português serve de modelo aos pais e familiares brasileiros. "Integrar uma família é a primeira experiência de vida em sociedade de uma criança. A apresentação de Julia promoveu a troca de saberes e experiências úteis referentes à Cultura Inclusiva".

DO EMPODERAMENTO FAMILIAR À INSERÇÃO PROFISSIONAL

A Best Buddies Brasil também tem ampliado parcerias com escolas, universidades, empresas e comunidade para realização da Inclusão Social de Pessoas com Deficiência Intelectual através de seus Programas de Amizade, Trabalho e Liderança.

Incentivar o voluntariado é um dos principais objetivos do Programa de Amizade que tem sido bem aceito pelas empresas, porém foi desenvolvido para acontecer em escolas e universidades. É um programa que realiza um trabalho grande em rede; que desenvolve a autonomia dos participantes com deficiência intelectual e dá oportunidade de aprendizado através das diferenças (Diversidades) para o participante sem a deficiência intelectual.

Já o Programa de Trabalho objetiva a inclusão do Profissional com deficiência intelectual no mercado de trabalho, através da metodologia do Emprego Apoiado. Visando sempre assegurar os direitos e deveres do profissional, contribuindo para sua autonomia, desenvolvendo suas habilidades, potencialidades e favorecendo a disseminação da cultura inclusiva da organização.

O Programa de Desenvolvimento e Liderança (conhecido como Programa de Embaixadores) é exclusivo para Pessoas com deficiência intelectual. Conta com a orientação da equipe da Best Buddies Brasil, que se reúne com os participantes uma vez por mês e, através de workshops e treinamentos em grupo, auxilia no desenvolvimento de habilidades especificas de cada um deles, além de potencializá-los para que se tornem embaixadores da Best Buddies Brasil e de sua própria causa.

A associação Best Buddies Internacional foi criada em 1989, nos Estados Unidos, por Anthony Kennedy Shriver, sobrinho do ex-presidente John F. Kennedy. Vale ressaltar que a família Kennedy tem uma extensa história de trabalho social no campo da deficiência intelectual.

Para mais informações acesse: http://melhoresamigos.org/

Fonte: terra.com.br -  Imagem Internet/Ilustrativa

Nenhum comentário: