quinta-feira, 15 de junho de 2017

Em protesto, cadeirante para ônibus em Macapá por não conseguir entrar no coletivo - Veja o vídeo

Dois ônibus apresentaram problemas no elevador. Empresa responsável foi notificada e ônibus foi recolhido pela CTMac para passar por manutenção.

Por Fabiana Figueiredo, G1 AP, Macapá

Cadeirante Fernando Oliveira parou ônibus cansado de encontrar elevadores com defeito (Foto: Fabiana Figueiredo/G1)
Cadeirante Fernando Oliveira parou ônibus cansado de encontrar elevadores com defeito (Foto: Fabiana Figueiredo/G1)

Depois de encontrar o segundo ônibus público com elevador apresentando defeito nesta terça-feira (13), o cadeirante Fernando Oliveira, de 49 anos, foi para a frente do transporte e não deixou o veículo seguir a rota. O protesto, segundo ele, demonstrou o cansaço dos deficientes físicos em continuar encontrando dificuldades para usar o transporte coletivo em Macapá.

Click AQUI para ver o vídeo

A empresa União, responsável pelo ônibus, foi notificada, teve o veículo apreendido e recolhido para a garagem, confirmou a Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac). O coletivo deverá passar por manutenção ainda nesta terça-feira, disse o responsável pela empresa, que foi até o local, mas não quis gravar entrevista.

Resultado de imagem para Em protesto, cadeirante para ônibus em Macapá por não conseguir entrar no coletivo
Cadeirante conseguiu entrar em ônibus após horas de espera

O episódio aconteceu na Rua Santa Catarina, no bairro Santa Rita, Zona Sul da capital. Oliveira, que mora na Zona Norte, só tem condições de se locomover de ônibus. Ele foi até o bairro para fazer uma sessão de fisioterapia e na tentativa de voltar para casa, já havia encontrado outro veículo cujo elevador também estava com defeito.

Os passageiros ainda tentaram ajudá-lo, mas não conseguiram colocar o cadeirante no ônibus. Revoltado, Oliveira decidiu parar o coletivo, ficando em frente ao carro.

“Não é só eu [que enfrenta dificuldades]. Tem gente que perde tratamento de fisioterapia porque não consegue pegar o ônibus. O motorista joga a luz, às vezes nem para, e vai embora. Eu me sinto como um cachorro doente, que depende dos outros. Essa falta de respeito vem de muito tempo aqui em Macapá”, reclamou Oliveira.

Elevador estava com defeito e não pode transportar cadeirante; empresa foi notificada (Foto: Fabiana Figueiredo/G1)
Elevador estava com defeito e não pode transportar cadeirante; empresa foi notificada (Foto: Fabiana Figueiredo/G1)

Ele, que também é presidente da Associação dos Deficientes Físicos do Estado do Amapá (Adefap), contou que constantemente faz reclamações sobre a situação, mas que não há resolução para os problemas.

Após horas na parada de ônibus, o cadeirante conseguiu pegar outro coletivo, dessa vez, com o elevador funcionando lentamente, devido a sujeira acumulada no equipamento.

O diretor de transporte da CTMac, Emerson Real, informou que o ônibus foi recolhido para passar por manutenção. Segundo a companhia, em 20 dias, esse foi o segundo coletivo notificado e recolhido pelo mesmo problema. A fiscalização da CTMac acontece duas vezes ao ano nas garagens das empresas e quando há denúncias, reforçou Real.

Foto mostra elevador sujo; equipamento funcionou lentamente (Foto: Fabiana Figueiredo/G1)
Foto mostra elevador sujo; equipamento funcionou lentamente (Foto: Fabiana Figueiredo/G1)

Fonte: g1.globo.com

Nenhum comentário: