quinta-feira, 1 de junho de 2017

Empreendedores de MG criam máquina de costura para deficientes

divulgação

Os jovens empreendedores mineiros Vanessa de Albuquerque Silva Sousa, 27 anos, Ana Maria de França, 32 anos, Charles Morais de Sousa, 17 anos, e Thalita Pereira da Silva, 18 anos, tiveram uma ideia inovadora e inclusiva ao criar uma máquina de costura para deficientes físicos. Diferentemente das máquinas convencionais (onde o acelerador fica nos pés), na criação deles, o acelerador fica acessível às mãos - ou braços - dos usuários.

Em entrevista ao site da Pequenas Empresas & Grandes Negócios, Vanessa explica que desta maneira - com o acelerador mais acessível, o usuário consegue obter o mesmo resultado, permitindo as as indústrias e empresas do setor consiga olhar para e contratar pessoas com deficiências dos membros inferiores.

A máquina desenvolvida pelo grupo já está em experimento na indústria e já foi constatado que, com o uso dela, é possível evitar dores musculares.

No final do ano passado, a invenção ganhou o primeiro lugar na categoria Processos Inovadores do Inova SENAI. Agora, os inventores organizam formalização da empresa e negociam a venda do primeiro lote de máquinas para a confecção de lingerie.

Nenhum comentário: