sábado, 3 de junho de 2017

Halterofilista potiguar quebra recorde, garante vaga no Mundial e fica com medalha de ouro na abertura do Circuito Loterias Caixa

Por CPB

Marco Antonio Teixeira/CPB/MPIX
Imagem

O Circuito Loterias Caixa começou nesta sexta-feira, 2, no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, com as disputas no halterofilismo. Já no primeiro dia, uma atleta fez o pacote completo na disputa feminina até 55kg. Rene Belcássia (Sadef/RN) levantou 85kg na barra, conquistou a medalha de ouro e ainda estabeleceu novo recorde brasileiro da divisão.

A marca alcançada por Rene assegurou a atleta no Mundial da modalidade, em setembro, na Cidade do México. Em maio, durante a Copa do Mundo da Hungria, ela havia tentado, sem sucesso, os 80kg necessários para competir em solo mexicano.

"Acabei de chegar da Hungria, onde fiquei em terceiro lugar, mas não tinha chegado à marca de 80kg. Já tinha alcançado esse peso antes de ir para a Copa do Mundo, mas precisava fazer de novo. Lá, não encaixou, mas hoje tudo deu certo. Fiquei feliz com os 85kg. Lavei a alma e conquistei tudo logo [medalha de ouro, recorde brasileiro e vaga no Mundial]", resumiu. Completaram o pódio junto com Rene as atletas Camila de Andrade (CDDU/MG), com 72kg, e Helaine da Silva (Adfego/GO), com 55kg.

Ainda na parte da manhã, competidores do feminino leve (unificado até 41kg, até 45kg e até 50kg) e masculino até 49kg competiram. No feminino leve, as medalhas foram decididas com a Tabela AH, que leva em consideração o peso do atleta em relação ao peso na barra. A campeã foi Lara Aparecida de Lima (CDDU/MG), com 60kg e 72,33 pontos na tabela AH, novo recorde brasileiro júnior; e a medalhista de prata foi Isabela Soares (APNH/SP), com 66kg e 70,73 pontos. No masculino até 49kg, o campeão foi Josenildo da Silva (Sadef/RN), com 117kg. A prata foi para Eduardo Soares (Adefa/AM), com 116kg, e o bronze, para Ailton da Silva (Sadef/RN), com 105kg.

No período da tarde, as disputas foram dominadas por atletas garantidos no Mundial do México. As três disputas de medalha foram em provas masculinas, nas divisões até 54kg, até 59kg e até 65kg.

Entre atletas com até 54kg, o campeão foi João França (Sadef/RN), com 141kg. O potiguar de 21 anos é um dos halterofilistas que alcançou o índice estabelecido pelo CPB para o Mundial. João França ficou à frente de Erinaldo Ferreira (Adfego/GO), com 107kg, e Anderson Marcílio (Aesa-Itu/SP), com 105kg.

Outro que estará na Cidade do México e dominou a disputa foi Bruno Carra (Aesa-Itu/SP), na divisão até 59kg. O paulista está em uma fase mais leve para a preparação para o Mundial, mas alcançou 163kg na barra para ficar com a medalha de ouro. A prata foi para Alexandre Gouvea (Andef/RJ), com 125kg, e o bronze, para Marcos Rogerio da Cunha (APNH/SP), com 111kg.

Luciano Dantas (CDDU/MG) foi o medalhista de ouro da divisão até 65kg. O atleta do clube mineiro levantou 150kg para garantir o lugar mais alto do pódio. Contudo, ficou 5kg abaixo do índice para o Mundial. Em segundo e terceiro lugares ficaram, respectivamente, José Mendes Filho (Sadef/RN), com 135kg, e Alexsander Whitaker (CPSP/SP), com os mesmos 135kg de José. O desempate foi pelo peso corporal, e como José era o mais leve dos dois, ficou com a prata.

As disputas da modalidade voltam neste sábado, às 9h30, com as disputas dos pesos médios masculino (até 72kg, até 80kg e até 88kg) e feminino (até 61kg, até 67kg e até 79kg).

O Circuito
O Circuito Loterias Caixa é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro e patrocinado pela Caixa Loterias. Este é o mais importante evento paralímpico nacional de atletismo, natação e halterofilismo. Composto por quatro fases regionais e três nacionais, tem como objetivo desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios e estados brasileiros, além de melhorar o nível técnico das modalidades e dar oportunidades para atletas de elite e novos valores do esporte paralímpico do país.

Time São Paulo
O atleta Bruno Carra é integrante do Time São Paulo, parceria entre o CPB e a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo que beneficia 56 atletas e nove atletas-guia de 10 modalidades.

Patrocínios
A equipe de halterofilismo têm patrocínio das Loterias Caixa.

SERVIÇO
Circuito Loterias Caixa de Atletismo, Halterofilismo e Natação - 1ª fase nacional
Local: Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro (Rodovia dos Imigrantes, Km 11,5, ao lado do São Paulo Expo, em São Paulo)
Data: 2 a 4 de junho
Horários:
Halterofilismo - sexta e sábado, das 9h30 às 12h e das 15h30 às 18h, e no domingo, das 9h30 às 12h

Fonte: cpb.org.br

Nenhum comentário: