terça-feira, 20 de junho de 2017

Modelo Brasileiro de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência inspira Missão Canadense na ONU

Imagem Internet/Ilustrativa
Resultado de imagem para Secretaria Especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Modelo de trabalho da Secretaria Especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Brasil, que tem papel transversal na implantação de políticas públicas para o segmento por outros Ministérios e áreas afins, foi aprovada por ministra canadense.

O Canadá está em fase de mudanças na legislação para observação às recomendações da Convenção da ONU. Brasil deve colaborar com o país a partir da troca de informações sobre sua experiência.

A Missão Permanente do Canadá junto à ONU recebeu, nesse dia 13 de junho, representantes da delegação brasileira participante da 10ª Conferência dos Estados Partes Signatários da Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência, chefiada pelo Secretário Especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marco Pellegrini. Foi a oportunidade de interlocução do Brasil com outros chefes de delegações participantes do evento, como Equador, Guatemala, Nova Zelândia, República Tcheca, entre outros, sobre a experiência de cada país na implantação das recomendações da Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência da ONU.

Durante o almoço oferecido pela ministra do Esporte e da Pessoa com Deficiência do Canadá, Karla Qualtrough, cada país convidado pode contar um dos desafios enfrentados e das conquistas na promoção da acessibilidade e respeito à inclusão. A ministra canadense ficou muito bem impressionada com o modelo de trabalho da Secretaria Especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Brasil, que tem papel transversal dentro do Governo brasileiro, de promover a implantação de políticas públicas voltadas ao segmento junto a Ministérios e áreas afins. Além de permitir a ampliação do atendimento às demandas das pessoas com deficiência, esse modelo é fundamental para a conscientização geral sobre as práticas acessíveis e inclusivas em todas as instâncias públicas.

O Canadá, segundo a ministra, está em fase de ajustes em sua legislação que possibilitem a implantação das recomendações da Convenção sobre Direitos das Pessoas com Deficiência da ONU. “Poderemos contribuir para a definição do modelo de operação da estrutura canadense dedicada à pessoa com deficiência e manter produtiva troca de informações com os países com os quais conversamos sobre os acertos e conquistas observados internacionalmente”, afirmou o secretário Pellegrini, ao destacar a importância do encontro.

Fonte: pessoacomdeficiencia.gov.br - Imagem Internet/Ilustrativa

Nenhum comentário: