terça-feira, 13 de junho de 2017

Quando a mãe viu seu bebê recém-nascido, ela abandonou ele e o marido. Mas ela não esperava que em um mês isto fosse acontecer…

Em janeiro de 2015, Ruzan Badalyan, da Armênia, deu à luz seu tão esperado filho, Leo. Mas quando os médicos o examinaram, eles fizeram um diagnóstico que a mãe não estava preparada para ouvir. Eles disseram que Leo tinha síndrome de Down. Ruzan ficou arrasada.

4_result-15

Leo foi considerado uma vergonha para toda a família. As pessoas humilharam Ruzan de todas as maneiras possíveis. “Você não é digna de ter filhos”, alguém escreveu sob as fotos em uma rede social. Criada em uma sociedade tão intolerante, Ruzan estava pronta para desistir do próprio filho.

Contudo, Samuel Forrest, o marido de Ruzan e pai de Leo, que vem da Nova Zelândia, não queria abandonar seu filho recém-nascido. Para ele, Leo não era uma desgraça, mas um orgulho. Sendo assim, ele decidiu largar a esposa e voltar para sua terra natal com o filho.

1_result-14

Com uma campanha de doação online na GoFundMe, Samuel conseguiu arrecadar mais de US$ 500.000,00 para a nova vida deles na Nova Zelândia.

2_result-15

Enquanto isso, a mãe escreveu um post no Facebook tentando se justificar: “Sam nunca me ofereceu para que eu me juntasse a ele para criarmos nosso filho juntos em seu país.” Ela afirmou que amava o filho, mas que sabia das dificuldades que eles enfrentariam na Armênia. De qualquer forma, ela concordou em assinar o divórcio e desistir do bebê.

Mas em apenas um mês, Ruzan e Samuel voltaram juntos! Ruzan lamentou profundamente a sua decisão. Ela cancelou o divórcio e em junho de 2015, se mudou para a Nova Zelândia para viver com o marido e com o filho. Samuel perdoou a esposa. Agora, Ruzan não consegue imaginar sua vida sem Leo. “Eu realmente o amo. Um ano atrás, eu não conseguia imaginar a vida com ele, e agora eu não consigo imaginar a minha vida sem ele. Sou uma pessoa completamente diferente agora,” ela disse em uma entrevista.

3_result-16

Ruzan também lembra de quando viu o filho pela primeira vez depois da longa separação: “Foi o dia mais feliz! Ele era tão pequenino, tão doce. Lembro de como o abracei e de como eu estava feliz.“

O pequeno Leo está atualmente passando por uma terapia especial. O menino está se desenvolvendo física e intelectualmente com bastante rapidez. Estamos muito felizes que ele tem dois pais amorosos que removeram todos os obstáculos para criar o filho juntos.

Fonte: perfeito.guru

Nenhum comentário: