sexta-feira, 14 de julho de 2017

'Encontro' mostra sorveteria de Aracaju que promove inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho

Com a ajuda de alguns recursos, clientes conseguem fazer pedidos usando a Língua Brasileira de Sinais (Libras)

Repórter Priscilla Bitencourt participa do 'Encontro' (Foto: Reprodução / TV Sergipe)
Repórter Priscilla Bitencourt participa do 'Encontro' (Foto: Reprodução / TV Sergipe)

Uma sorveteria de Aracaju tem chamado atenção de sergipanos e turistas. Além do sabor dos sorvetes vendidos, o estabelecimento se destaca pelo bom atendimento prestado pelos seus colaboradores, que são surdos. A princípio, muita gente pode até achar que para quem não conhece a Língua Brasileira de Sinais (Libras), a comunicação pode ser difícil, mas não é o que acontece.

Sorveteria de Aracaju é destaque no Encontro (Foto: TV Sergipe)
Sorveteria de Aracaju é destaque no Encontro (Foto: TV Sergipe)

No Encontro desta terça-feira, 11, a repórter Priscilla Bitencourt, do núcleo de rede da TV Sergipe, mostrou como tudo funciona e flui naturalmente no local. Assim que o cliente chega ao balcão onde são feitos os pedidos, ele já recebe uma espécie de tabela com algumas informações básicas para que consiga fazer a sua escolha. Na maioria das vezes, as pessoas sempre aprendem algo novo quando vão à sorveteria. E detalhe: sempre saem elogiando.

Nenhum comentário: